No Banner to display

Desmatamento no cerrado caiu 66% nos primeiros meses deste ano

Por: Luciane Santana | 05/06/2020

Última atualização em 05/06/2020 14:56

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Na programação dos estados da região amazônica, em alusão ao dia mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta sexta-feira, 05 de junho, o Tocantins participou no dia, 04, quinta-feira, do Debate Online Estados Amazônicos Contra o Desmatamento Ilegal e Outros Ilícitos Ambientais, promovido pela Força Tarefa dos Governadores (GCF Task Force). O Governo do Tocantins foi representado pelo secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Renato Jayme.

A transmissão ao vivo, que teve mais de 250 espectadores apresentou as medidas e ações que cada estado da Amazônia Legal está realizando no combate ao desmatamento e outros crimes ambientais. O secretário Renato Jayme demonstrou dados positivos em comparação com o ano passado quanto ao desmatamento total no Estado.  De acordo com os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), no período de janeiro a maio do ano de 2019, no bioma Cerrado foram desmatados 753,01 km², no mesmo período, em 2020 a área desmatada foi 250,48 km², uma redução de 66%. Para o bioma Amazônico, em 2019 neste mesmo período o número foi de 1,1 km² contra 0,51 km² em 2020, uma redução de 50%.

Leia também: Dia do Meio Ambiente: Construções sustentáveis ganham mais espaço com aumento do interesse da população

O secretário destacou ainda, as ações de monitoramento e fiscalização realizada com os órgãos parceiros, como o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), que inaugura nesta sexta-feira, 05, o Centro Integrado de Inteligência e Monitoramento de Dados Espaciais Ambientais (CIMDEA) do Tocantins que é mais um aparelhamento do estado que irá ajudar no monitoramento ambiental e consequentemente no combate do desmatamento ilegal e de outros crimes ambientais.

O Secretário destaca a importância de se debater sobre desmatamento de forma aberta e acessível. “Discutir sobre crimes ambientais e sobretudo sobre o desmatamento ilegal na região Amazônica em um plataforma online, é de fundamental importância para mostrar a toda população que os Estados cuidam da Amazônia e que estão trabalhando para minimizar o desmatamento ilegal na região”.

A reunião foi presidida pela secretaria de Meio Ambiente do Mato Grosso e presidente do Fórum de Secretários do Meio Ambiente da Amazônia Legal, Mauren Lazzaretti, e contou com a participação dos secretários de Meio Ambiente, Israel Milani (Acre), Robério Nobre (Amapá), Eduardo Taveira (Amazonas), Diego Rolim (Maranhão), Mauro O’de Almeida (Pará), Ionilson Sampaio (Roraima).

Fonte: Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]