No Banner to display

Desrespeito à Cota Zero resulta na apreensão de mais de 100 quilos de peixes

Por Maju Cotrim | 08/07/2020

Última atualização em 08/07/2020 07:35

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Balanço preocupante em Operação de pesca predatória 

Quase R$ 7 mil em multas, autos de infração, termos de apreensão, termos de doação de pescado, mais de 100 quilos de peixes apreendidos e flagrante de um jacaré abatido.

Esse foi o resultado da Operação Cota Zero, realizada pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e o Destacamento da Polícia Militar Ambiental, no município de Monte Santo, na região central do Estado.

A Operação de fiscalização foi realizada no último dia 5, por meio de blitzen fixas e móveis, no povoado conhecido como Café da Roça e na entrada do município, ponto de passagem obrigatório de veículos oriundos dos rios Araguaia, Coco e Caiapó, bem como das praias, acampamentos e projetos de assentamentos da região.

A Operação Cota Zero faz parte das ações contínuas de fiscalização realizadas na região como forma de prevenir e coibir crimes contra a fauna, especialmente em relação à pesca predatória no rio Araguaia e seus afluentes e, ainda, no transporte irregular de pescado.

 “Vale lembrar que a Portaria 106/2019 do Naturatins, em vigor até 2022, proíbe o transporte de qualquer quantidade de pescado e limita o consumo de peixe no local da pesca a 5 quilos, desde que a pesca tenha sido praticada por pescador devidamente licenciado”, ressalta o gerente de fiscalização ambiental do Naturatins, Amarildo Pereira dos Santos.

Durante a ação, foram apreendidos 101 quilos de peixes de várias espécies, como tucunaré e piau, um jacaré abatido e caixas térmicas para transporte.

Peixe foi doado

O peixe apreendido foi doado para moradores das comunidades da região. Um total de R$ 6.720 foi aplicado em multas aos infratores. Como a caça e consumo de carne de jacaré é ilegal, foi feito um termo de inutilização do produto, que foi incinerado em seguida.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]