Entrevista Gazeta: Para Especialista, Palmas precisa aumentar testagem: “não estamos tendo um dado coerente”

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 08/05/2020

Última atualização em 08/05/2020 17:41

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Equipe Gazeta do Cerrado

Como anda a testagem em Palmas? Diariamente os boletins apontam os resultados dos exames feitos em Palmas, mas diariamente nossa equipe recebe questionamentos sobre como funciona a testagem.

Nossa equipe conversou com o Dr Estevam Rivello Alves que é representante do Tocantins no Conselheiro Federal de Medicina sobre o assunto.

A capital tem 141 casos confirmados e já notificou dentre suspeitos e síndromes gripais, mais de duas mil pessoas. Mais de 800 suspeitas já foram descartadas na capital.

Questionado sobre como avalia a testagem na capital ele disse:

Em Palmas a gente precisa aumentar o número de teste para poder ter mais certeza de como é que é essa doença está atuando dentro do nosso município assim como também todos os municípios do Tocantins pra  que a gente saiba que não só a BR-153 tem aumentado o número de casos, mas também que os outros municípios menores  e cidades maiores possam ter um grau de certeza como que tá o contingenciamento de número de pessoas com o Covid 19.”

A Gazeta perguntou ao especialista se ele considera que a capital deveria testar ainda mais.

Em relação à testagem em Palmas infelizmente nós estamos testando poucas pessoas e não estamos tendo um dado correto coerente para poder realizar o atendimento a todos os doentes. Os casos sintomáticos leves estão ficando em casa. Esses casos não estão sendo testados e isso é extremamente ruim porque a gente perde dados, perde número para saber em qual situação que a gente está. Sem sombra de dúvidas, os casos moderados estão retardando um pouco mais. Os casos graves todos estão internados no hospital e esse gente tem um pouco mais de certeza do número de pacientes graves. Portanto Palmas precisa melhorar um pouco mais esses testes em relação ao sintomáticos leves e os assintomáticos que tem grupo de risco e presença de algum familiar com covid positivo

Sobre como averiguar se os testes são confiáveis ele afirmou:

Com relação aos testes, a gente tem um teste sorológico que aí ele tem uma uma taxa de falso negativo muito alta que um indivíduo faz o teste  e apresenta  um teste negativo, porém ele possui a doença. Se  for feito o teste sorológico  antes do quinto dia de sintoma a taxa de falso negativo chega em torno de 60%, se você fazer entre o 7º eo 10º dia cai para 40%. Se você faz então do décimo a décimo quarto dia de sintoma essa taxa chega a 30% de falso negativo portanto  é um teste que serve apenas para nortear, e que a gente tem que estar atento se ele foi liberado e chancelado pela Anvisa porque hoje a gente sabe que alguns são liberados, mas não são chancelados pela Anvisa e aí a gente pode estar diante de um produto que não tem uma eficácia adequada. Já o teste confirmatório que eu PCR esse é feito em todos os doentes que dão sorológico positivo esse teste a taxa de erro dele é mínima é bom muito baixa. E aí é um teste padrão ouro que a gente utiliza para fazer a confirmação do diagnóstico.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]