Envelhecimento da pele: Dermatologista explica como driblar rugas e flacidez

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 15/08/2019

Última atualização em 26/08/2019 12:40

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Rugas, flacidez e linhas de expressão são sinais inevitáveis em qualquer tipo de pele. Mas a partir de quando a pele começa a envelhecer? É possível adiar o aparecimento desses sinais? Tire suas dúvidas com a dermatologista Fernanda Casagrande, de Santa Catarina, Florianópolis.

A dermatologista Fernanda Casagrande explica o processo de envelhecimento da pele e dá dicas de como driblar rugas e flacidez. Confira! dermatologista Fernanda Casagrande

Seja qual for o seu tipo de pele – mista, oleosa, normal ou seca – o envelhecimento é natural. Segundo a dermatologista Fernanda Casagrande, a partir dos 30 anos o corpo passa a produzir menos colágeno, que é a proteína que dá sustentação e firmeza à pele. “Essa queda se acentua a cada ano, e assim começam a surgir os primeiros sinais de flacidez na pele. Posteriormente, junto com a queda na produção, começamos a degradar o colágeno já existente”, explica. A partir daí, os sinais de envelhecimento são as linhas de expressão que surgem, principalmente, ao redor dos olhos, testa e entre as sobrancelhas, além do bigode chinês, que aparece ao redor da boca. Ela contou de que forma podemos prolongar os sinais de envelhecimento da cútis. Confira!

FATORES EXTERNOS PODEM CONTRIBUIR PARA ENVELHECIMENTO DA PELE

Além da baixa produção de colágeno, que ocorre naturalmente, alguns fatores externos e internos podem contribuir para o envelhecimento da pele e vale ficar atenta para driblá-los e adquirir novos hábitos de cuidados com a pele. “Dos fatores intrínsecos está a produção de radicais livres, que podem ser gerados por muitos fatores, como alimentação, álcool, estresse e atividade física em excesso”, explica a especialista. Já os fatores externos são fumo, sol e poluição. Por isso, para proteger a ele e adiar o envelhecimento, vale usar protetor solar diariamente, mesmo fora da praia e da piscina, e fazer esfoliações e hidratações no rosto para evitar os efeitos da poluição na pele.

HÁBITOS CASEIROS E CREME HIDRATANTE ADIAM ENVELHECIMENTO DA PELE

Segundo a dermatologista, as peles com fototipos mais baixos, como as claras, possuem menos melanina e, por isso, envelhecem mais rápido. Já as peles morena e negra costumam envelhecer mais devagar, já que a melanina confere um grau de proteção à pele. Mesmo assim, ambas podem receber cuidados que prolongam a firmeza da pele, como uma alimentação adequada, uso de produtos de beleza de acordo com o tipo de pele (oleosa, mista, normal ou seca) e sono regulado. “Devemos ter uma rotina diária com produtos na pele, como sabonete duas vezes ao dia, filtro solar e um bom hidratante adequado para o tipo de pele”, recomenda a dermatologista.

CREMES ANTI-IDADE AJUDAM A REJUVENESCER A PELE

Os cremes hidratantes com ativos rejuvenescedores são boas apostas para os cuidados em casa e podem ser ser usados em todos os tipos de pele – basta consultar seu dermatologista, que indicará a melhor opção. E os ativos, segundo Fernanda, podem ser vários. “Entre os mais comuns estão a vitamina C, o ácido hialurônico, o extrato de caviar, tensine, rafermime. Gosto muito dos ácidos, como glicólico e retinóico, para alternar com os hidratantes”,

TRATAMENTOS REJUVENESCEM A PELE NO CONSULTÓRIO

Quem procura por tratamentos mais intensos pode apostar nas técnicas que ativam a produção de colágeno e mandam embora a flacidez, as rugas e as linhas de expressão no rosto. As opções, segundo Fernanda, são várias”Peeling, laser, botox, preenchimento com ácido hialurônico, skinbooster, bioestimuladores de colágeno”, recomenda. O peeling costuma ser o queridinho das mulheres: a técnica remove as camadas mais superficiais da pele com o uso de um produto químico, físico ou laser, renovando a cútis.

fonte:(Por Beatriz Doblas) – Site Pure People

 

Gazetadocerrado.com.br – Para mentes pensantes

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

AgroPalmas
ASSECAD NOVO 11/02/2019
SINTET
ATM a partir do dia 17/04/2019
BRK-06-06-2019

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]