Frente Parlamentar exige transparência sobre prejuízo a estudantes em aplicação do ENEM

Por Gazeta do Cerrado | 18/01/2021

Última atualização em 18/01/2021 08:03

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Enem – Foto: Divulgação

A Frente Parlamentar da Educação se manifestou em nota sobre a aplicação do Enem em todo país e cobra transparência e respostas.

Veja a integra da nota:

Nota oficial – FPME exige transparência sobre prejuízo a estudantes em aplicação do ENEM

Com o fim da realização do primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), neste dia 17 de janeiro, o triste (e previsível) cenário se impôs e estamos acompanhando notícias de candidatos sendo barrados momentos antes do início das provas, filas enormes, falta de logística, além do não cumprimento dos protocolos de segurança que deveriam ter sido tomados diante da pandemia do Coronavírus.

Diversas instituições e organismos ligados à Educação vinham avisando ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e ao Ministério da Educação (MEC) sobre o risco de se manter o calendário do exame mesmo diante do crescimento do número de casos de COVID-19 em diversas regiões do País, levando sistemas de saúde ao colapso.

Além disso, precisamos agora acompanhar e mapear todos os alunos que não conseguiram fazer suas provas no dia de hoje, principalmente aqueles de baixa renda e com acesso mais dificultado à educação. Não param de surgir relatos com vídeos de alunos barrados antes da realização das provas, todos eles sem entender ao certo como e se poderão fazer a prova.

É necessária uma resposta rápida quanto à reaplicação da prova dos alunos que foram impedidos, explicando detalhadamente os critérios para reaplicação. Outro fator muito relevante é a análise dos dados de abstenção neste ano, comparando-o com os das edições anteriores para se entender o real impacto da manutenção do calendário da prova em um momento tão delicado do ponto de vista da saúde pública.

O Exame Nacional do Ensino Médio é uma ferramenta séria e a mais importante para o acesso ao Ensino Superior no Brasil, mobilizando pessoas de todo o País, com muitas delas tendo a prova como sua única forma de ingressar em uma faculdade. Precisamos tratar o ENEM com respeito, seriedade e, principalmente, cuidado com todas as vidas que estão envolvidas em sua realização.

Além disso, a realização das provas sem as medidas necessárias de distanciamento social, higienização e controle constante dos protocolos de segurança podem acarretar em uma série de novos casos em todo o país. Mais uma conta que será paga pela falta organização e responsabilidade de quem mais devia cuidar do nosso país, das pessoas e de seus futuros.

Frente Parlamentar da Educação, Brasília, 17 de janeiro de 2021.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]