Goiás: Decoradora some horas antes do casamento e noiva entra em desespero

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 06/09/2019

Última atualização em 06/09/2019 16:18

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Uma noiva denuncia que a decoradora que ela contratou sumiu horas antes do casamento, que está marcado para as 20h desta sexta-feira (6), e avisou que não conseguiria entregar todas as encomendas para a cerimônia, em Goiânia. Em uma mensagem pelo celular, a profissional disse que faliu e não conseguiria honrar os contratos.

“Fui pega de surpresa. Ontem eu conversei com ela a tarde inteira, resolvendo detalhes do casamento, sonhando como toda noiva faz. E hoje, na véspera do meu casamento, ela manda essa mensagem. Não tenho nem palavras para falar o que ela fez. Foi desumano, porque é um sonho sonhado há um ano. E a gente fica de mãos atadas”, disse a bacharel em direito Marina Rodrigues Porto.

G1 tentou contato com a Decorare Flores e Festas, empresa responsável pelo casamento, mas as ligações caíram direto na caixa postal e a mensagem enviada por aplicativo não foi respondida.

Marina recebeu a mensagem por volta de 7h30 desta sexta-feira, dizendo que não poderia fazer o casamento. “Está tudo pago antecipadamente, R$ 13 mil. O mobiliário era todo com ela, as flores eram com ela. Ela simplesmente sumiu, me bloqueou das redes sociais, não consigo ligar para ela”, disse.

No texto enviado à cliente, a decoradora diz que está “enfrentando problemas financeiros já algum tempo, lutando, seguindo firme, pegando mais de 1 evento no dia, me matando de trabalhar, vendendo contratos baratos. Essa mensagem é para avisar que não vou conseguir mas irei trabalhar, irei ressarcir cada uma de vocês”, disse.

Decoradora envia mensagem falando que não tem dinheiro para honrar contratos, em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Porém, ainda na mensagem, ela diz que não tem previsão de quando isso acontecerá. “De imediato não consigo, quebrei, zerei de tudo que eu tinha”. Ela ainda explica que a situação financeira se agravou a ponto de ela ter que usar o dinheiro de contratos futuros para pagar a decoração dos casamentos atuais.

“O que mais me chamou a atenção foi o fato dela falar que está falida, mas ela continua fechando contrato com várias noivas. Fechei contrato em junho, então uma pessoa, se ela faliu, não foi de uma hora para outra”, disse a noiva.

fonte: G1 Globo

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]