IBAMA suspende combate a incêndios na Ilha do Bananal; 180 brigadistas atuavam na região

Por Gazeta do Cerrado | 22/10/2020

Última atualização em 23/10/2020 11:44

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Ilha do Bananal – Foto: Sidney Silva

Equipe Gazeta do Cerrado

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais e Ronváveis (IBAMA) determinou que brigadistas de incêndios florestais interrompessem o combate aos focos a partir da meia-noite desta quinta-feira, 22.

Um documento divulgado pelo órgão alega que a suspensão dos trabalhos é por conta da “indisponibilidade financeira’ para outubro. (Veja abaixo). 

Documento do Ibama desta quinta-feira (22) fala em ‘indisponibilidade financeira’ para fechar o mês de outubro. — Foto: Reprodução

 

Com a determinação do, brigadistas que combatiam os focos de incêndios tiveram que suspender suas atividades em todo o Brasil. No Tocantins, cerca de 180 profissionais que atuavam na região da Ilha do Bananal, maior ilha fluvial do mundo, tiveram que parar.

A região está em chamas há meses e o Governo Federal chegou a mandar o Exército para ajudar no combate.

O ofício suspendendo os trabalhos foi encaminhado ao IBAMA pelo chefe do Centro Especializado do PrevFogo/Dipro, Ricardo Vianna Barreto

Trecho de circular que determina o recolhimento de brigadas de incêndio florestal do Ibama — Foto: Reprodução

 

Em uma entrevista a um site de notícias, o procurador da república Álvaro Manzano disse que a decisão representa um enorme risco de agravamento dos incêndios

“Essa decisão do Ibama de retirar os brigadistas do Prevfogo da área da Mata do Mamão, na Ilha do Bananal, além de representar um risco enorme de agravamento nos incêndios nesse final de temporada, representa ainda um descumprimento a uma decisão judicial que determina ao Ibama e ao ICMBio a proteção dessa área em razão da possível presença de indígenas isolados na região. 

A Gazeta do Cerrado entrou em contato com o Governo do Tocantins questionando se o Estado pretende enviar alguma força-tarefa para continuar o combate e aguarda um posicionamento oficial sobre o assunto.

Veja o diz o IBAMA

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) informa que a determinação para o retorno dos brigadistas que atuam no Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) acontece em virtude da exaustão de recursos. Desde setembro, a autarquia passa por dificuldades quanto à liberação financeira por parte da Secretaria do Tesouro Nacional.

Para a manutenção de suas atividades, o Ibama tem recorrido a créditos especiais, fundos e emendas. Mesmo assim, já contabiliza 19 milhões de pagamentos atrasados, o que afeta todas as diretorias e ações do instituto, inclusive, as do Prevfogo.

O que diz o Naturatins

O Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) informa que vem combatendo e monitorando os focos de incêndios no interior de suas unidades de conservação (Parques Estaduais do Jalapão, Cantão e Lajeado, além do Monumento Natural das Árvores Fossilizadas – Monaf e nas Áreas de Proteção Ambiental).

Em relação à Ilha do Bananal, por estar localizada no Parque Nacional do Araguaia, a gestão compete ao ICMbio e outros órgãos federais.

No momento o Naturatins não teria como prestar o apoio necessário devido estar realizando o monitoramento nas unidades de conservação estaduais de reponsabilidade do órgão.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
majucotrim@gazetadocerrado.com.br

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
marcojacob@gazetadocerrado.com.br

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
portal@gazetadocerrado.com.br

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
comercial@gazetadocerrado.com.br

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
marcojacob@gazetadocerrado.com.br