Kátia Abreu quer mudar critérios para desapropriação de terras para a Reforma Agrária

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 21/08/2019

Última atualização em 21/08/2019 16:34

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta terça-feira (20) um projeto de lei da senadora Kátia Abreu (PDT-TO) que modifica os critérios de aferição de produtividade dos imóveis rurais para fins de desapropriação da reforma agrária.

 

O objetivo é estimular a produtividade e evitar que terras bem aproveitadas sejam desapropriadas. Para isso, o projeto propõe a utilização da renda do produtor como parâmetro e estabelece novos critérios de propriedade produtiva e de aproveitamento de imóveis rurais. O texto foi aprovado por unanimidade na CAE e seguirá para análise das comissões de Constituição e Justiça e de Agricultura e Reforma Agrária.

 

Atualmente, há dois indicadores que enquadram uma propriedade como produtiva e caracterizam sua função social: o Grau de Utilização da Terra (GUT) e o Grau de Eficiência da Exploração (GEE). O projeto mantém o GEE e acaba com o GUT porque, segundo Kátia Abreu, os parâmetros atuais privilegiam a maior área plantada e não levam em consideração a produtividade alcançada pelo uso de insumos e pela aplicação de tecnologia.

 

“A atual legislação, que é de 1980, é um atraso, é inaceitável porque não afere se a terra é produtiva ou não. Não leva em consideração se a pessoa produz 1,5 tonelada ou 3,5 toneladas de milho por hectare, por exemplo. Se não cumprir a exigência de utilizar 80% da terra, o produtor pode ser desapropriado”, explicou a senadora.

 

Segundo Kátia Abreu, a proposta também é importante para fazer justiça ao produtor rural em momentos de insucesso na lavoura ou de revezes no mercado, diante dos quais não há alternativa para o agricultor senão reduzir estrategicamente sua área plantada.

FONTE: ASCOM KÁTIA

 

GAZETA DO CERRADO
Instagram - Gazeta do CerradoInstagram: https://www.instagram.com/gazetadocerrado/
Twitter - Gazeta do CerradoTwitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
Facebook - Jornal Gazeta do CerradoFacebook: https://www.facebook.com/gazetadocerrado.com.br  
YouTube - Gazeta do CerradoYouTube vídeo reportagens e transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
Imagem relacionada Grupo do WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/DdY063ahwDvH7s5ufstyPE
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796

Gazetadocerrado.com.br – Para mentes pensantes

 

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]