Mais de R$ 14 milhões serão investidos em projetos para incremento da produção no Sudeste do Tocantins

Por Gazeta do Cerrado | 19/02/2020

Última atualização em 19/02/2020 11:16

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

O Governo do Tocantins, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) vem implementando uma nova política de incentivo à produção agropecuária, o Mutirão do Agrocrédito.  Nesta semana, até o dia 21, os beneficiados com a iniciativa são os agricultores da região sudeste do Estado.  A solenidade de abertura do Mutirão ocorreu na terça-feira, 18, na Câmara Municipal de Almas, com a presença do presidente da pasta, Thiago Dourado, e do vice José Aníbal Lamattina.

Com a presença de vários produtores interessados em saber como adquirir o empréstimo, o gestor do Ruraltins, Thiago Dourado, reforçou a importância desta iniciativa do Governo e o compromisso do produtor com este recurso. “Quando a gente fala de crédito, não é simplesmente entregar dinheiro para as pessoas, é acreditar na força de trabalho que estas pessoas têm, é acreditar que elas são capazes de gerar resultados, e que elas vão crescer também através do nosso esforço, dos  extensionistas, do Estado, e da prefeitura. É um compromisso sério e a gente precisa ter um alinhamento nessa construção; o banco precisa ver a responsabilidade desse trabalho conjunto que nos estamos construindo, para mudar a região”, reforçou o gestor.

Com o apoio do gestor Municipal, Wagner Carvalho, e do Banco da Amazônia, representado pelo gerente local, Guilherme Eduardo, o Governo estima financiar R$ 14 milhões em projetos voltados para o incremento da produção agropecuária da região. E com a realização da Agrosudeste, somada a essa política de incentivo, trazer novas tecnologias agrícolas.

Alinhado à política de incentivo da produção agropecuária proposta pelo Ruraltins, o prefeito Wagner Carvalho, “Waguim”, como é conhecido, aproveitou a oportunidade para anunciar a liberação de recursos no valor de R$ 2 milhões para serem investidos nas estradas vicinais da zona rural do município.

O gerente do Banco da Amazônia, Guilherme Eduardo, também se colocou à disposição e reforçou o interesse da instituição financeira em disponibilizar o recurso para impulsionar o agronegócio da região.

Atento à proposta de financiamento, o pecuarista Hélio Pereira, da Estância Jatobá, acredita que agora, com a vinda do Ruraltins,  por meio do Mutirão do Agrocrédito, vai ficar mais fácil conseguir recursos para a formação de pasto ou compra de mais matrizes. “Já tentei o acesso ao crédito rural, mas por causa da demora, acabei desistindo, então acredito que agora, com o Ruraltins à frente, a gente consiga viabilizar este recurso”, afirmou.

Mutirão

Na segunda-feira, 17, a equipe do Instituto deu início aos trabalhos do Mutirão do Agrocrédito, em reunião com técnicos da regional, em Almas (TO) para orientações,   nivelamento das informações e estratégias de ação para atender o agricultor.

Nesta primeira etapa, serão 12 municípios da região sudeste beneficiados com  Mutirão do Agrocrédito, são eles: Almas, Porto Alegre, Dianópolis, Novo Jardim, Taguatinga, Ponte Alta do Bom Jesus, Natividade, Chapada de Natividade, Conceição do Tocantins, Taipas, Paranã e Rio da Conceição.

Vale destacar que depois do Mutirão, as visitas continuarão sendo realizadas pela equipe do Ruraltins local, visando contemplar o maior número de produtores interessados em investir na sua atividade agrícola.

Lançamento AGROSUDESTE

Na ocasião foi realizado também o lançamento oficial da Feira de Tecnologia da Região Sudeste (Agrosudeste 2020), que ocorrerá entre os dias 1º e 4 de abril, em Ponte Alta do Bom Jesus (TO), e Almas (TO).

Em sua 6ª Edição, a Agrosudeste tem como objetivo levar conhecimento, bem como promover a integração entre os representantes da cadeia da região sudeste do Estado. Neste ano, com tema: Bioeconomia – Da Carne ao Artesanato, e o slogan: O agronegócio muito além do alimento, a exposição será realizada entre os dias 1º e 4 de abril de 2020, em Almas (TO).

Voltada para produtores, empresas e empresários do ramo do agronegócio, técnicos da extensão rural e estudantes, a programação contará com exposições de tecnologias sustentáveis, Dia Técnico, no Abatedouro Regional Ponte Alta do Bom Jesus, que está sendo construído com recursos do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), além de rodada de palestras, cursos e minicursos, leilões, dentre outras atividades.

Visita de Campo

Ainda na cidade, o gestor Thiago dourado, acompanhado da equipe do Ruraltins, do Coordenador da Agrosudeste, João Filho, e parceiros visitaram a Horta Cheiro Verde, e o Colégio Agrícola de Almas, onde ocorrerão as atividades propostas pela Agrosudeste.

Fonte: Ascom Ruraltins

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
majucotrim@gazetadocerrado.com.br

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
marcojacob@gazetadocerrado.com.br

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
portal@gazetadocerrado.com.br

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
comercial@gazetadocerrado.com.br

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
marcojacob@gazetadocerrado.com.br