Mortal Kombat 11 impressiona com robusta customização

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 18/01/2019

Última atualização em 18/01/2019 21:21

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Mortal Kombat 11 promete chacoalhar a linha do tempo da série mais uma vez, com intervenções de novos personagens trazendo a tona versões do passado dos já conhecidos kombatentes.

Na parte de gameplay, entretanto, o novo MK não muda muito uma fórmula vencedora, fazendo ajustes pontuais que mais parecem uma evolução de todo o trabalho já realizado pela NetherRealm.

O The Enemy teve a oportunidade de jogar o game em seu evento de revelação, em Los Angeles. Com o controle na mão, a sensação de jogar MK 11 é bem parecida com a de seus antecessores.

Mais sangrento do que nunca, o kombate ainda se vale das bases estabelecidas no reboot feito pelo Mortal Kombat 9 de 2011, agregando à jogabilidade clássica da série conceitos mais universais como as recuperações de queda e os golpes EX.

Agora, estes recursos se dividem em duas barras independentes, uma para defesa e uma para ataque. Uma recuperação de queda gasta parte da barra de defesa, por exemplo, enquanto um golpe EX usa parte da barra de ataque. Ambas as barras se enchem automaticamente após serem utilizadas.

O golpe de raio X, um dos símbolos da era moderna de MK, dá lugar ao Fatal Blow, que, na essência, só muda o nome e o método: ele pode ser utilizado ao se tomar muito dano, como uma forma de ensaiar viradas durante uma partida.

A build disponível contava com poucos modos de jogo (versus e arcade, com o retorno das Torres Vivas de MKX), mas também foi possível conferir o que deve ser um dos carros-chefe do novo game: o sistema de customização.

Unindo os estilos de luta inaugurados em MKX às roupas personalizáveis de Injustice 2, o novo sistema promete dar ao jogador a liberdade de criar inúmeros perfis para cada personagem.

Pelo que já havia disponível na build, o sistema de customizações deve ser realmente expressivo. Cada lutador tinha pelo menos cinco opções de skin em várias das partes da roupa, incluindo armas e equipamentos.

Entre os personagens, a maior parte do elenco se beneficia dos variados estilos de luta, retendo movimentos clássicos (como o arpão de Scorpion) com algumas novidades, como Raiden, que abusa de seu cajado em um dos estilos.

O único lutador inédito disponível, Geras, é um gigante que une brutalidade a recursos táticos variados, como a possibilidade de “congelar” temporalmente o oponente, permitindo acertos de vários hits, e o controle da areia, que pode prender ou retardar o oponente e seus golpes.

Mortal Kombat 11 chega em 23 de abril para PlayStation 4, Xbox One, PC e Nintendo Switch.

Fonte: The Enemy

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]