Notificações de dengue crescem 595% no Tocantins; oito mortes foram confirmadas

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 02/12/2019

Última atualização em 02/12/2019 17:52

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Sala Estadual de Coordenação e Controle para o Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika convocou todos os municípios do Estado a realizar ações integradas e simultâneas de controle do mosquito Aedes aegypti, no período de 02 a 06, durante a “Semana Nacional de Combate ao Aedes” que está sendo articulada, em todo país, pelo Ministério da Saúde.

A responsável da Sala Estadual de Controle do Aedes, Renata Braga informa que o Estado solicitou a todos os municípios que articulem  em suas referidas Salas Municipais de Combate ao Aedes (SMCC)  a execução das ações.

“Sugerimos que sejam executadas ações educativas, de promoção e prevenção, visando ampla mobilização para o controle do vetor; intensificação das ações de inspeções domiciliares; mutirões de limpeza com o objetivo de encontrar e eliminar eventuais focos do mosquito; produção de murais informativos para divulgação das ações de combate ao Aedes, além dos cuidados básicos de prevenção; atividades lúdicas como a realização de oficinas de teatro, apresentações culturais, entre outras”, disse.

Dia D

O “Dia ‘D’ de Combate ao Aedes” será realizado no dia 06, sexta-feira, às 8h, na Escola Estadual Elizângela Glória Cardoso, em Palmas, onde ocorrerá exposições de trabalhos sobre a temática de combate ao Aedes, entre outras atividades. O evento é realizado pela Sala Municipal de Combate ao Aedes de Palmas em parceria com o Estado.

Dados

Durante a semana municípios devem realizar ações de mobilizações e controle – Foto – Nielcem Fernandes

No Estado foram notificados este ano 14.045 casos de Dengue, aumento de 595% com relação aos casos notificados em 2018 (2.021). Já foram confirmados oito óbitos por Dengue e 136 municípios notificaram a doença este ano. Os dados de Zika vírus cresceram 134%, com 393 registros em 2019 contra 168 de 2018. Já a febre chikungunya teve um aumento menor: 38%, em 2019 foram notificados 296 e em 2018 – 215 notificações. 

Fonte: Secom Tocantins

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]