Praia Norte: suspeita de irregularidades na contratações de cargos públicos

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 20/08/2019

Última atualização em 20/08/2019 17:53

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

A representação do Ministério Público de Contas (MPC) questionando a legalidade da Lei Municipal n° 003 de maio de 2019, do município de Praia Norte, diante de supostas irregularidades de contratações de cargos públicos foi acatada pela Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), que por sua vez impetrou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) com pedido de medida cautelar.

No documento, assinado pelo procurador-geral de Contas, Zailon Miranda Labre Rodrigues, o MPC aponta que a lei municipal afronta os arts. 9º, II, e 11, § 1º, ambos da Constituição do Estado do Tocantins, assim como os art. 37, II, e 39, § 1º, ambos da Constituição Federal, por ofensa à regra do concurso público para o provimento de cargos públicos, bem como à ausência de qualquer menção ao sistema remuneratório e funções dos cargos criados. O MPC ressalta ainda na sua representação que o legislativo municipal de Praia Norte encontra-se em descompasso com a ordem constitucional.

“Ocorre que os cargos criados para contratação episódica (temporária), não são contingências especiais a serem atendidas, mas nada mais que serviços corriqueiros, isto é, normais, ordinários, sendo que não há qual justificativa que demonstre a excepcionalidade que ensejou a necessidade de se contratar, por exemplo, quarenta (40) professores. Não há qualquer contingência fática demonstrada pelo município que possa permitir considerar-se como regular a contratação temporária de cento e setenta e nove (179) servidores públicos”, destaca o procurador-geral de Contas em sua representação.

O procurador-geral frisa ainda que a situação configurada no caso presente evidencia, portanto, a irremissível inconstitucionalidade da Lei Municipal nº 03, de 31/05/2019, de Praia Norte.

Clique aqui para ler à íntegra da representação

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]