Projeto de criação de tilápias quer alavancar desenvolvimento econômico da região sul do TO

Por Gazeta do Cerrado | 20/01/2021

Última atualização em 20/01/2021 17:05

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Na tarde desta terça-feira, 19, técnicos do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) reuniram-se com representantes da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Agência de Fomento do Estado do Tocantins e Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), para apresentação e alinhamento de ações sobre o projeto do Governo do Estado, “Tilápia Viva Na Água”.

O projeto de piscicultura irá beneficiar pequenos produtores rurais da região do município de Gurupi e tem como objetivo alavancar o desenvolvimento econômico da região sul do Tocantins, já que serão contemplados inicialmente 14 pequenos produtores rurais neste projeto piloto.

Entre os participantes da reunião estava a secretária da Semarh Miyuki Hyashida que, enquanto prefeita do município de Brejinho de Nazaré, juntamente com parceiros e o Governo do Estado iniciou a primeira unidade de criação de peixes nativos em tanque rede do Tocantins.

O Ruraltins será o órgão responsável pela elaboração do projeto ambiental, além da viabilização das atividades econômicas locais. O projeto “Tilápia Viva Na Água”, já foi aprovado pelo governador do Estado, Mauro Carlesse. A princípio os tanques escavados irão receber 30 mil alevinos da espécie tilápia. A medida tem como finalidade executar ações do Governo Municipalista estabelecido pelo chefe do executivo, que visam gerar o aquecimento da economia da região.

Recursos

A Agência de Fomento do Estado do Tocantins irá disponibilizar recursos no valor de R$10 milhões para financiar a criação de tilápias em tanque escavado. Entre as exigências, o pequeno produtor deverá disponibilizar uma área de 1.200 hectares de lâmina d’água, além de estar em dia com toda a documentação exigida.

O Naturatins é o órgão responsável pelo licenciamento ambiental dos referidos empreendimentos, ou seja, é a instituição que emite as outorgas do Uso de Recursos Hídricos do Estado do Tocantins. Por sua vez, a Semarh, por meio do Conselho Estadual do Meio Ambiente do Tocantins – COEMA/TO irá tratar sobre a legislação que envolve os procedimentos para a legalização da piscicultura nesta modalidade.

O presidente do Naturatins, Renato Jayme, disse que todas as providências  para facilitar a execução do projeto, dentre eles o licenciamento ambiental e outorga, o Naturatins vai se preparar para atender essa demanda no menor tempo possível. “Quando o produtor receber o recurso, tiver todas as condições de implantação do projeto, gerar emprego, produção e venda do pescado, tendo impacto social e econômico no município, vamos colaborar para que os procedimentos ocorram com rapidez. Vamos estudar quais são os protocolos  que cabe ao Naturatins e priorizar essa demanda”, afirmou.

Parques Aquícolas

Atualmente no Tocantins a atividade da piscicultura está regularizada nos municípios de Palmas, Miracema e Brejinho de Nazaré, localidades que possuem os Parques Aquícolas em funcionamento. Nestas áreas a criação é de peixes nativos do Tocantins e são criados em tanques redes.

Fotos – Tânia Caldas

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]docerrado.com.br

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]