Quais são as consequências da troca de hidrômetros na Capital, agência esclarece

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 12/06/2019

Última atualização em 26/08/2019 10:45

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

A troca de alguns hidrômetros na Capital tem gerado reclamações no órgão de defesa do consumidor de Palmas (Procon/Palmas). A Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Palmas (ARP) alerta para que os consumidores fiquem atentos para possíveis alterações na faixa de consumo (consultar link abaixo), o que pode acarretar no aumento da conta de água e esgoto.

O hidrômetro atualmente utilizado em residências é o chamado “velocimétrico por turbina”. Seu funcionamento é relativamente simples: a água passa por uma turbina que faz girar o mecanismo do relógio, responsável pelo registro da água consumida.

A empresa BRK Ambiental vem substituindo parte dos hidrômetros residenciais em razão da expiração do prazo de validade dos hidrômetros antigos por equipamentos mais novos.

Os equipamentos novos fazem uma leitura mais precisa do consumo de água o que pode ocasionar na alteração da faixa de consumo. Por exemplo, o usuário/consumidor que consome até 10m³ está sujeito a uma tarifa de R$ 81,10. Na hipótese de o usuário consumir 11m³ estará sujeito a uma tarifa de R$92,20, pelo fato de ter seu enquadramento na faixa R2.

De acordo com a presidente da Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Palmas (ARP), Juliana Nonaka, a falta de informação e  de orientação por parte da empresa BRK Ambiental aos seus clientes têm causado reclamações junto aos órgãos fiscalizadores. “A concessionária vai até a residência das pessoas faz a troca do hidrômetro mas deixa de prestar esclarecimentos a cerca da existência de faixas de consumo”, disse.

Ainda de acordo com Nonaka, não há cobrança de valores acima do que realmente é consumido, mas o valor do metro cúbico difere em razão da existência de faixas diversas de  preço por metro cúbico.

A ARP informa que eventuais divergências podem ser comunicadas diretamente à  ARP ou ao Procon/Municipal, nos seguintes endereços: Procon Palmas: Resolve Palmas da Avenida  JK,  e na Unidade do Resolve Palmas Sul.  O horário de atendimento é das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira.

Já a sede da  Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Palmas (ARP), fica no Resolve Palmas da JK, com atendimento das 13 às 19 horas.

Para conferir se houve mudança em sua faixa de consumo residencial consulte a tabela de Estrutura Tarifária no link

fonte: Secom Palmas

 

Gazetadocerrado.com.br – Para mentes pensantes

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

ANUNCIE AQUI GAZETA - ATUALIZE - 16-12
Zona Livre de Fakes - 16-12
ENERGIA SOLAR

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]