Secretária sobre aulas na rede estadual: “estamos olhando de maneira individualizada cada município”

Por Gazeta do Cerrado | 04/03/2021

Última atualização em 04/03/2021 18:49

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Em reunião do Comitê de Crise de Combate e prevenção a Covid-19 nesta quinta-feira, 4, momento em que várias questões foram pautadas,  a secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, informou como têm sido os critérios para determinar a volta às aulas em cada município. “Não podemos olhar a educação no Estado de maneira genérica, então estamos olhando de maneira individualizada cada município. Semana passada, nós analisamos que 92 municípios têm condições de voltar às aulas de maneira gradual, no sistema híbrido”, afirmou.

Quanto aos grandes centros, a titular da Seduc destacou: “percebemos que nos grandes centros, Araguaína, Gurupi e Palmas, a vontade dos pais é que os alunos voltem às aulas, mas nós estamos fazendo tudo alinhado aos indicadores apresentados pela saúde.

Trabalho remoto

Representando o Tribunal de Justiça (TJ), o juiz auxiliar da presidência, Océlio Nobre, informou que o órgão está acompanhando a situação do avanço da Covid-19 e quais medidas estão sendo tomadas. “O TJ optou por suspender os trabalhos presenciais para evitar que as pessoas tenham que se deslocar até as comarcas e ficar expostas à contaminação. Nós seguimos com os trabalhos de maneira remota e garantimos que temos condições de prestar o serviço com a mesma qualidade que o atendimento presencial. Só assim nós poderemos sair deste cenário caótico”, destacou.

A defensora pública-geral Estellamaris Postal também destacou que o atendimento na Defensoria Pública do Tocantins “acontece de maneira 100% remota e que as ligações para a Defensoria estão sendo gratuitas também para facilitar o acesso da população”. Conforme a defensora, a preocupação da instituição é quanto à população em situação de rua que não entrou no grupo prioritário de vacinação e quanto à imunização dos indígenas.

Ministro anuncia que professores serão inseridos no grupo prioritário da vacinação

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público, Luciano Casaroti, sugeriu um decreto Estadual, o qual os municípios devem seguir, com medidas mais restritivas quanto à proibição de eventos, reforçando o uso de máscaras e o distanciamento social.

“Nós temos trabalhado nessas ações de enfrentamento, estamos pensando em limitar a entrada de pessoas nos estabelecimentos como farmácia, supermercados e ampliar o horário de funcionamento. Não podemos pensar apenas na pandemia, mas também na economia, nas pessoas que precisam se alimentar. Mas nós ainda estamos estudando essas possibilidades”, informou o governador Mauro Carlesse.

Descontaminação

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, coronel Reginaldo Leandro da Silva, informou que o órgão fará uma nova força-tarefa para descontaminar locais públicos. “Essa descontaminação vai ocorrer nas cidades com maior número de casos, nos locais de maior aglomeração. Estamos finalizando os detalhes para iniciar esse trabalho”, destacou.

Campanha de conscientização

Já o secretário de Estado da Comunicação, Élcio Mendes, falou sobre a mudança de estratégia na realização de campanhas educativas. “Além de informar as ações do Governo e de orientar a população. Nós entendemos que aquela campanha apenas educativa deixou de ser eficiente, então tivemos que ser um pouco mais duros na mensagem, precisamos ser um pouco mais incisivos, inclusive com imagens de cenas reais. Mostrar a imagem de uma pessoa entubada na UTI, na televisão, é um desafio grande, mas nós conseguimos fazer e estamos com ela no ar e o objetivo é impactar”, ponderou.

Também participaram da reunião, o secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal; o secretário de Estado da Fazenda, Sandro Armando; o secretário de Estado da Segurança Pública, Cristiano Sampaio; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Silva Neto; entre outros representantes dos órgãos que compõem o Comitê.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora-Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor-Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Subeditor: Lucas Eurílio

Jornalista: Brener Nunes

Jornalista: Maju Jacob

Redatora: Luciane Santana

Coordenador de Produção: Jota Pereira

Produtor Audiovisual: Luiz Menezes

Social Mídia: Hemilly Souza

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 985-211-001
[email protected]

Institucional ou Administrativo (63) 981-159-796
[email protected]docerrado.com.br