Apreensões: R$ 600 mil em drogas são incinerados pela polícia na capital

0
Divulgação Polícia Civil

Lucas Eurilio/Repórter Gazeta do Cerrado

Cerca de R$ 600 mil reais em drogas foram incineradas em Palmas, nesta quinta-feira, 26. De acordo com as informações da Secretaria de Segurança Pública, a Polícia Civil destruiu  maconha, exstasy, LSD, Skank, cocaína e crack que foram apreendidas em diversas ações realizadas na capital. Um total de 300 kg de entorpecentes.

Para que não houvesse nenhum incidente, um esquema de segurança foi montado com policiais e drones, que fizeram varredura nas proximidades do local onde aconteceu a queima dos entorpecentes.

Apreensões: R$ 600 mil em drogas são incinerados pela polícia na capital
Divulgação Polícia Civil

A delegada Luciana Coelho Midlej disse que a maioria das drogas apreendidas contou o trabalho da Polícia Militar, Guarda Metropolitana e da Delegacia Especializada da Criança e do Adolescente.

Os entorpecente incinerados são resultado de investigações policiais e a droga possui todos os laudos periciais já concluídos como consta na Lei de Drogas, nº 11.343/2006.

“Por uma questão de logística, já que as incinerações são realizadas em fornos de estabelecimentos empresariais locais, que cedem sua estrutura, sem ônus para o órgão policial, aguardamos uma quantidade de drogas significativa, para submetê-las à destruição”, disse Luciana Midlej

Apreensões: R$ 600 mil em drogas são incinerados pela polícia na capital
Divulgação Polícia Civil

 

Anvisa proíbe lote de peito de frango em todo país por risco de meningite

0
Peito de frango: Anvisa alerta para risco de meningite (EugeneTomeev/Thinkstock)

Anvisa proibiu a distribuição e comercialização de um lote de peito de frango congelado em todo o território nacional, devido à presença de bactérias.

A proibição se refere ao lote 0320 do peito de frango cozido desfiado congelado da marca D+ Alimentos.

Segundo a Anvisa, foi detectada a presença da bactéria Listeria monocytogenes, que pode causar doenças como a meningite.

O órgão afirma que o comunicado de recolhimento do produto foi emitido pela própria empresa, e que ela deve recolher todo o estoque existente no mercado.

Veja a nota da empresa sobre o tema:

“O lote continha 592kg, foi destinado a um único cliente e recolhido logo após o resultado da análise.  Nossa empresa não faz venda ao consumidor final apenas a empresas que industrializam utilizando de nossa matéria prima.”

 Por Site Exame

Três mandados de prisão contra suspeitos de tráfico de drogas são cumpridos no sul do TO

0
Divulgação Polícia Civil

Lucas Eurilio/Repórter Gazeta do Cerrado

Outros três mandados de prisão preventiva contra suspeitos de praticar tráfico de drogas foram cumpridos em Gurupi, região sul do Tocantins nesta quarta-feira, 25. De acordo com as informações da Polícia Civil, as ordens de prisão fazem parte de desdobramentos da Operação Adiposa, deflagrada ainda em fevereiro.

No total, cerca de 40 pessoas que comandavam o tráfico em Palmas e em cidades da região sul do Estado, foram presas durante a operação.

A Secretaria de Segurança Pública divulgou apenas a idade e as fotos dos suspeitos. São duas mulheres, uma de 27 anos e outra de 30, o homem tem 34 anos é e conhecido como Mucá.

Os três suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Formoso do Araguaia e após os procedimentos realizados pela polícia, eles foram levados para a Cadeia Pública e para a Unidade Prisional Feminina onde vão aguardar à disposição da Justiça.

 

Reação: PV entra com ação contra exonerações do governo Carlesse

0
(Foto: Marco Aurélio Jacob/Gazeta do Cerrado)

 

Equipe Gazeta do Cerrado

O PV, partido da ex-vice-governadora Cláudia Lélis vai ingressar com uma ação na justiça contra as exonerações dos cerca de 3 mil servidores por parte da atual gestão.

A ação vai pedir que sejam suspensas as exonerações.

As exonerações geram polêmica e teve vários posicionamentos contrários. Até a deputada federal, Dulce Miranda se solidarizou com os demitidos e disse que eles contribuem para o desenvolvimento do Estado.

O governo informou que o corte foi de apenas 10% nos contratos e que foram em razão do enxugamento necessário para fechar a folha.

(Em instantes mais informações)

Gaguim comemora a aprovação da TransCarajás na CCJ

0
(Divulgação)

 

A aprovação para a criação do importante eixo rodoviário estruturante entre a rodovia BR-153, próximo a Araguaína, Norte do Tocantins, passando pelo município de Canãa dos Carajás (PA) e finalizando em Paraupebas (PA), região onde fica o Complexo Minerador de Carajás, foi defendida nesta terça-feira, 25, na tribuna do Plenário Federal pelo deputado Carlos Henrique Gaguim (DEM).

“A TransCarajás integrará o Norte do Tocantins com a estrada de Ferro Carajás, ligando a parte Sul do Pará e Norte do Tocantins, o que garante a conexão com os principais corredores de exportação dos dois Estados, de importante estratégia para o País”, destacou Gaguim.

O parecer do PL 8932/2017 foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. O projeto agora segue para aprovação do Senado.

Bebê morre enquanto dormia com os pais; laudo com causas deve sair em 10 dias

0
(Foto: Marcos Filho Sandes/Ascom)

Lucas Eurilio/Repórter Gazeta do Cerrado

Um bebê morreu em Araguaína, norte do Tocantins, enquanto dormia com os pais na mesma cama. De acordo com as informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que esteve no local para tentar reanimar a criança, os pais disseram que quando acordaram, a menina Natacha Yasmim não estava mais respirando.

A Polícia Civil da cidade informou também que haverá uma investigação onde vão apurar as causas da morte, por ora, os pais devem responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O caso será investigado pela Delegacia da Infância e aconteceu nesta quarta-feira, 25. Um laudo que foi solicitado pela polícia deve ficar pronto nos próximos 10 dias.

Apoios divididos em família: Com Amália de atestado, filho vai para palanque de Carlesse e Santana fica no grupo de Kátia

0
(Divulgação)

Maria José Cotrim

Uma situação interessante neste pleito suplementar: a divisão de apoio entre os Santanas.

A deputada Amália Santana se recupera de um AVC e está de atestado. Seu retorno está previsto apenas para junho já que o tratamento vem evoluindo bem e já na próxima semana ela ficará em Palmas para fazer fisioterapia.

Apoios divididos em família: Com Amália de atestado, filho vai para palanque de Carlesse e Santana fica no grupo de Kátia
(Foto: Divulgação)

Enquanto isso, o filho de Amália, o ex-vereador de Colinas e ex-candidato a prefeito, Fabrício Santana está com apoio declarado para Mauro Carlesse. Em entrevista à Gazeta do Cerrado ele disse que quer a estabilidade do Tocantins e que Carlesse deve continuar no governo.

Ele afirmou ainda: ” não vejo credibilidade jurídica nas outras candidaturas”, disse sobre o caso de Katia Abreu e Carlos Amastha. Ele afirmou que não só em Colinas, mas em toda região seu grupo irá apoiar e trabalhar o nome de Carlesse.

Apoios divididos em família: Com Amália de atestado, filho vai para palanque de Carlesse e Santana fica no grupo de Kátia

 

O apoio passou por cima até das divergências políticas locais já que o atual prefeito Adriano Rabelo também apoia Carlesse. “A gente sabe diferenciar as coisas, na cidade somos igual água e óleo que não se misturam, mas eleição Estadual é outra coisa”, pontuou à nossa equipe.

O ex-prefeito de Colinas, José Santana, cotado para uma candidatura a federal, por sua vez, apóia a senadora Kátia Abreu nas eleições.

Apoios divididos em família: Com Amália de atestado, filho vai para palanque de Carlesse e Santana fica no grupo de Kátia

O PT ainda está dividido sobre os apoios nesta eleição além disso a nacional tenta tirar o partido da chapa de Carlos Amastha, onde Célio Moura é o vice, e levar para o palanque de Kátia Abreu.

Amália fora

Fabrício negou à Gazeta que a mãe dele, deputada Amália esteja participando ou tenha assinado ata ou qualquer documento sobre apoio para as eleições deste ano.

Ele disse que a mãe está fora das eleições suplementares  e se dedica exclusivamente ao seu tratamento. Ela disputará reeleição em outubro deste ano.

Haja coração!

Suplementares: TRE mobiliza população e contrata empresa por quase R$ 2 milhões para apoio

0
(Reprodução)

Maria José Cotrim e Brener Nunes – Gazeta do Cerrado

Após a cassação de Marcelo Miranda pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Mauro Carlesse assumiu o governo interinamente. Assim, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), definiu que a eleição suplementar para a escolha do gestor que irá administrar o estado até dezembro acontece no dia 03 de junho. Como os tocantinenses não esperavam uma eleição tampão no sexto mês do ano, a Gazeta procurou o TRE para saber como o órgão vai mobilizar e divulgar à população sobre o pleito. O órgão informou à nossa equipe que já iniciou ações de mobilização dos eleitores para as suplementares. No Estado, são pouco mais de 1 milhões de eleitores.

“Serão publicadas matérias nos jornais impressos, sites, rádio e TV’s de todo o Estado. Também colocaremos carros de sons nos municípios do interior”, esclareceu a assessoria do TRE.

Segundo a assessoria, ações informativas já ocorrem em todo o Estado, como os atendimentos itinerantes que já aconteceram em Palmeirópolis e São Salvador do Tocantins. “A ação visa garantir o acesso facilitado a todos os eleitores, visando o prazo para o fechamento do Cadastro Eleitoral, que encerra no dia 9 de maio”, informou.

Outra ação do órgão é o Agentes da Democracia, que deve percorrer as 33 zonas eleitorais do Estado, conscientizando, capacitando, mobilizando jovens, que irão tirar o título de eleitor e votar já neste ano.

O projeto também foi estendido as aldeias indígenas. Conforme a assessoria, em Tocantinópolis, existem 800 eleitores indígenas. “Eles receberam a visita do juiz Luiz Otávio, da 29º zona eleitoral. Precisamos desse reforço devido à eleição suplementar”, informou.

Contrato para apoio

Um contrato foi publicado no Diário Oficial da União para serviço de apoio para as eleições. O valor é de quase R$ 2 milhões. A empresa contratada foi a Usibank – Soluções Ambientais e Unidade de Tratamento de Resíduos Térmicos e Sólidos Ltda.

Veja a íntegra do extrato do contrato:

EXTRATO DE CONTRATO PÁG 132 SEÇÃO 3

EXTRATO DE CONTRATO SEI nº 0004275-62.2018.
Contrato nº 09/2018.
Contratante: Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins.
Contratado: Usibank – Soluções Ambientais e Unidade de Tratamento de Resíduos Térmicos e Sólidos Ltda – ME
(CNPJ nº 01.795.072/0001- 35).
Objeto: Prestação de serviços de apoio administrativo (auxiliar de apoio às Eleições) para realização das Eleições Suplementares de 2018 para os Cargos de Governador e Vice Governador do Estado do Tocantins, com a utilização de mão de obra com dedicação exclusiva.
Vigência: Da assinatura até 30/07/2017.
Assinatura: 25/04/2018. Valor: R$ 1.839.914,97.
Fundamentação: Pregão Eletrônico nº 25/2018. Assinam, pelo Contratante: José Machado dos Santos, Diretor-Geral, e Teodomiro Fernandes Amorim, Secretário de Administração e Orçamento, e pela Contratada: Irenice Maria de Avila.

Suplementares: TRE mobiliza população e contrata empresa por quase R$ 2 milhões para apoio
(Reprodução)

Esta pauta foi sugerida por vários leitores da Gazeta.

 

Ministro recebe demanda de mais recursos para Capital que podem viabilizar Central de Cirurgias Eletivas

0
(Divulgação)

A prefeita Cinthia Ribeiro e o secretário Municipal de Saúde Whisllay Bastos foram recebidos nessa quarta-feira, 25, pelo novo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, em seu gabinete no Ministério da Saúde, em Brasília. O encontro foi agendado para que a prefeita e o secretário da Saúde da Capital do Tocantins, apresentassem um pouco dos projetos e ações que a Rede de Saúde vem desenvolvendo na missão de cuidar das pessoas que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS) em Palmas.

Na ocasião, a prefeita solicitou ao ministro novos repasses de verbas federais destinadas ao SUS para as construções do Centro de Saúde da Comunidade Taquaruçu; do Centro de Cirurgias Eletivas e da sede definitiva do Samu que tem valor estimado em 2,1 milhões.

“Apesar da crise econômica que afetou todo país e, consequentemente, o custeio da saúde pública, Palmas tem se reinventado para garantir qualidade dos serviços prestados na saúde. Entregamos obras como o Ambulatório Municipal à Saúde (Amas), novos Centros de Saúde da Comunidade bem equipados, entre outras importantes ações. Mas sabemos que o maior financiador é o Governo do Federal, por isso estamos aqui hoje para pleitear mais recursos para a nossa cidade”, lembra a prefeita.

A gestora pediu ainda adequação dos recursos de custeio das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para o nível máximo de operação, pois de acordo com o secretário Whisllay Bastos, há mais de dois anos, Palmas oferta atendimentos muito acima do limite máximo exigido pelo Ministério da Saúde. O secretário aproveitou para pleitear também a habilitação de três equipes do Programa Saúde da Família, 17 equipes para o Programa de Saúde Bucal e duas do Núcleo de Apoio ao Saúde da Família (Nasf).

E as demandas não pararam por aí. Os gestores solicitaram a autorização para ampliação do Programa Mais Médico, com a contratação de mais dez profissionais; iniciar a transferência de recursos para o Programa Consultório na Rua, que vem sendo desenvolvido desde 2016 com recursos próprios do município; a adesão ao GraduaCEO Brasil Sorridente modalidade Il e a ampliação do aumento de Teto Financeiro de Média e Alta Complexidade (MAC) em R$15 milhões.

O titular da pasta disse que ficou bastante impressionado com o acolhimento que o novo ministro deu a todas as demandas apresentadas por eles. “De forma pausada o ministro ouviu todos os nossos anseios, pediu informações complementares sobre alguns pontos apresentados, evidenciando a legitimidade dos pedidos e demonstrou interesse em analisar e, se possível, atender. Ele também convidou assessores do Ministério para dar alguns encaminhamentos e pediu posições sobre algumas demandas que já haviam sido solicitadas anteriormente”, pontuou o secretário Whisllay acrescentando que a reunião com o ministro foi bastante amistosa e que inclusive Gilberto Occhi demonstrou interesse em atender o convite para conhecer de perto o trabalho realizado em Palmas.

Governo “destrava” mais de R$ 1 milhão em emendas parlamentares para Saúde; atos são de ex-secretário

0
Musafir é quem assina os atos (Foto: Governo do Tocantins)

Maria José Cotrim- Gazeta do Cerrado

O Diário Oficial desta quarta-feira, 25 de abril, publicou vários atos de liberação de emendas parlamentares, assinados ainda pela gestão anterior. As publicações mostram que o governo está contemplando os deputados estaduais. Os atos são todos da gestão anterior, assinados pelo então secretário da Saúde, Marcos Musafir.

Alguns deles, inclusive, aguardavam mais de um mês para serem publicados.
O primeiro ato está na página 9 e trata de aprovação da proposta de Projeto para Aquisição de Equipamentos e Materiais Permanentes para o município de Santa Fé do Araguaia, referente à emenda parlamentar no valor de R$ 295 mil.

Foi aprovado ainda o Projeto Técnico para o Transporte Sanitário Eletivo destinado ao deslocamento de usuários para realizar procedimentos de caráter eletivo no âmbito SUS, no mesmo município. Em outra publicação, está a liberação de proposta para aquisição de equipamento e material permanente para o município de São Salvador do Tocantins, no valor de R$ 190 mil (sendo R$ 150 mil referente à uma emenda parlamentar e R$ 40 mil à de outro parlamentar) foi aprovada.

Num terceiro ato assinado por Musafir está a proposta para aquisição de equipamentos e materiais permanentes para o Hospital Municipal Antonio Pires do município de Peixe – TO, referente também à Emenda Parlamentar no valor de quase um milhão: R$ 999.995,00 mil.

No Diário Oficial estão selecionadas apenas os números das emendas, sem detalhar quais deputados são os autores das emendas. A Gazeta do Cerrado está apurando os detalhes junto à Secretaria da Saúde.

Cinthia antecipa salários para esta quinta; folha é de R$ 48 milhões

0
(iStock/Thinkstock)

Mais uma vez os servidores públicos de Palmas receberão os salários antecipados correspondentes ao mês de abril. Os valores serão depositados nesta quinta-feira, 26, e liberados para saque na sexta-feira. O montante chega a R$ 48.299.936,89, sendo R$ 44.773.575,27 correspondentes apenas a folha de pagamento de abril, outros R$ 3.016.058,30 referentes aos retroativos da data-base de 2017, sendo a quarta e última parcela, além dos R$ 403.862,31 correspondentes aos retroativos das progressões do quadro da Educação.

Conforme a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, o pagamento dos retroativos e data-base em dia demonstra o compromisso da gestão com a valorização dos servidores. “É um compromisso certo que garante estabilidade tanto aos servidores quanto ao comércio da nossa cidade que ganha um incremento com a injeção desses mais de 48 milhões de reais na economia”, garante Cinthia.

Outros R$ 106.441,01 também foram liberados e correspondem aos benefícios pagos aos servidores que solicitaram inclusão nos programas de Aposentadoria Incentivada (PAI) e de Desligamento Voluntário (PDV).

A prefeita acrescenta ainda que as parcelas referentes aos retroativos de progressões de servidores da Educação serão pagas conforme compromisso já firmado. “Pagamos hoje a nona parcela aos profissionais da Educação, de um total de 24 que serão liberadas rigorosamente com os salários mensais”, destaca a prefeita.

A liberação desses valores antecede o último final de semana e a um feriado nacional, momento em que a maioria das pessoas aproveita para suas atividades de lazer. “Tenho certeza que o fim de semana e feriado será bom para todos os nossos servidores, famílias e comerciantes da nossa cidade”, exaltou Cinthia ao convidar a população da cidade para curtir as opções de lazer, como parques, shoppings, praças, cachoeiras e praias da Capital.

Data-base de 2018

Desde janeiro deste ano os servidores estão recebendo integralmente a data-base de 2018. A revisão geral anual dos vencimentos e subsídios dos servidores públicos foi autorizada pela Medida Provisória Nº 6 de 26 de janeiro de 2018, com data retroativa a 1º de janeiro deste ano.

O reajuste autorizado foi de 2,07%, correção baseada no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O impacto da incorporação do reajuste anual de vencimentos (data-base) 2018 será de R$ 12.539.338,65 ao ano.

Vistoria: Defensor Público aponta péssima infraestrutura e falta de médicos em Hospital de Dianópolis

0
(Divulgação)

A Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), por intermédio do Núcleo Aplicado das Minorias e Ações Coletivas (Nuamac) Dianópolis, realizou vistoria no Hospital de Referência de Dianópolis. A ação aconteceu na segunda-feira, 23, e contou com a participação do defensor público José Raphael Silvério e do promotor de justiça Lissandro Aniello Alves Pedro.

De acordo com o Defensor Público, há diversas irregularidades a serem sanadas no Hospital, das quais ele destaca a falta de diversos itens essenciais para o bom funcionamento local, como um laboratório de análises clínicas, médicos para cobrir os plantões necessários para fechar a escala médica, aparelho de mamografia, atraso no pagamento de profissionais de saúde, aparelho de ultrassonografia com problemas e ambulância quebrada. “É notório os transtornos que ocorrerão caso haja a suspensão da prestação de serviço da saúde, o qual é referencial para os municípios vizinhos”, considera José Raphael Silvério.

Além disso, foi identificada uma péssima infraestrutura física no hospital, com desgaste da estrutura, obras inacabadas e sem previsão de conclusão. “Há, ainda, uma suspensão dos serviços do Instituto Elisedape, prestador de serviços médicos, em virtude de uma dívida que perfaz um montante de mais de R$ 490 mil, referente aos recursos que o Instituto vinha desembolsando para o pagamento à vista dos médicos contratados para o Hospital de Referência de Dianópolis”, complementa.

Defensoria

A DPE-TO, por meio do Nuamac Dianópolis, notificará os órgãos e empresas responsáveis para buscar informações e elementos constitutivos para subsidiar um Procedimento Preparatório para a Propositura de Ações Coletivas (Propac).

Raul Filho é o coordenador da campanha de Kátia na Capital e dispara: “tem pulso firme e é ótima administradora”

0
(Divulgação)

A Coligação Reconstruindo o Tocantins composta pelos partidos PDT, PSD, PEN, PSC e Avante terá o ex-prefeito de Palmas Raul Filho (PSD) como coordenador de campanha da candidata ao governo do estado Kátia Abreu na capital.

Raul Filho já trabalha em um organograma operacional com uma grande equipe sob sua coordenação e tem como líderes o ex-vereador de Palmas Iratã Abreu (PDT), o vereador da capital, Diogo Fernandes (PSD), o pré-candidato a deputado estadual e presidente PEN Sargento Aragão, o pré-candidato a deputado estadual José Augusto Pugliese (PDT) e o presidente do PSDC Gilvan Lino, entre outros.

A candidata convidou Raul Filho para à coordenação geral da campanha, mas, Raul considerou que no momento seria melhor assumir à coordenação de Palmas onde poderá ser mais útil.

Raul Filho, pré-candidato ao Senado Federal nas eleições de outubro, dedicará os próximos 37 dias, 24 horas, à eleição de Kátia Abreu. “Me dedicarei exclusivamente com força na campanha de Kátia Abreu que tem o melhor projeto para Estado e é a mais preparada neste momento para governar o Tocantins. Kátia tem pulso firme e é uma ótima administradora”, disse Raul Filho.

PF mira quadrilha de fraudes bancárias pela internet: 18 mandados são cumpridos no TO

0
Polícia Federal investiga grupo criminoso que cometia fraudes bancárias através da internet

Brener Nunes – Gazeta do Cerrado

A Operação Backdoor foi deflagrada na manhã desta quinta-feira, 26, no Tocantins, Goiás e Maranhão. Segundo a Polícia Federal (PF), o objetivo é desligar uma quadrilha especializada em fraudes bancárias pela internet. O grupo pode ter causado um rombo de cerca de R$ 10 milhões. O nome da operação é referência ao software utilizado pelos criminosos, que se infiltrava no computador da vítima ilícita para realizar as fraudes.

De acordo com a Polícia, mais de 70 agentes cumprem 24 mandados, 16 de busca e apreensão e oito de prisão preventiva, que foram cumpridas até às 7 horas. Os mandados foram deliberados pela vara criminal de Augustinópolis.

No Tocantins, são cumpridos 18 mandados: nove buscas e e uma prisão em Maurilândia, uma busca e uma prisão em Praia Norte, uma prisão e um mandado de busca em Araguatins e dois de busca e um de prisão em Araguaína.

Em Goiás, cumpri-se um mandado de prisão em Jussara, e dois de busca e dois de prisão em Imperatriz, Maranhão.

Conforme a PF, após realizar perícia em computadores apreendidos com dois suspeitos durante a Operação Cracker, em maio do ano passado, encontrou uma lista de criminosos especialistas em fraudes pela internet. As investigações deram origem a operação Operação Dr. Cross, deflagrada no início desta semana, e a Backdoor.

Plano

A quadrilha se articulava produzindo páginas fakes de lojas virtuais e divulgavam promoções em redes sociais. Clicando no falso anúncio, a vítima era redirecionada para o site da loja virtual clonada.

O comprador enganado, imaginava que estava na página da loja oficial e fazia a compra, realizando o pagamento via boleto.

Conforme a Polícia Federal, os boletos eram de produtos já comprados pela quadrilha em outros sites. Assim, a vítima acabava pagando por compras que o criminoso havia realizado.

Penas

A quadrilha deve responder por furto mediante fraude pela internet contra instituições comerciais e financeiras, invasão de dispositivos de informática e estelionatos cometidos em diversos estados.

 

Jovem negra portuense é a nova Miss Tocantins e defende importância da representatividade e empoderamento

0
(Foto: Ademir dos Anjos)

Brener Nunes – Gazeta do Cerrado

A jovem negra Tatiele Rodrigues, de 20 anos, é a nova Miss Tocantins. A eleição dela repercute e ainda na cidade de Porto Nacional. Em entrevista à Gazeta, ela falou sobre representatividade e espaço no Concurso. A competição ocorreu na segunda, 23, e terça, 24, em Palmas.

“O papel de uma miss hoje em dia não é apenas ter beleza. Eles procuram mais do que isso. Procuram uma mulher que represente todas as mulheres, que tenham beleza, mas também tenha conhecimento, que incentiva outras mulheres a terem voz, a lutarem pelas suas conquistas, porque desde a sua trajetória, nós mulheres temos muita dificuldade em relação ao nosso espaço, mas com o tempo a gente tá conseguindo conquistar nosso lugar”, esclarece.

“Eu acredito que a mulher portuense, a mulher tocantinense, a mulher brasileira tem tudo isso. Tem garra, tem poder, empoderamento. E nós necessitamos levar isso para fora também, e então o papel de miss é isso, é representatividade, é ter poder da mulher, mostrar para todas as mulheres que nós conseguimos chegar aonde nós queremos”, pondera Tatiele.

Sobre a representativa negra em competições de beleza, a candidata conta que ainda necessita de mais mulheres neste espaço. “Eu acredito que esse meio esteja crescendo bastante, antes não tínhamos muitas concorrentes negras e hoje já podemos ver em números a diferença na quantidade de negras. Existe sim uma diferença ainda, mas acredito que o preconceito diminuiu muito em relação a isso, e a cada dia nós mulheres e negras estamos conseguindo mais conquistar o nosso espaço, e espero que a cada dia isso melhore”, analisa.

O prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia, repercutiu o fato da nova miss ser da cidade. “É com muita alegria e orgulho que Porto Nacional apresenta a Miss Tocantins 2018, Tatiele Rodrigues, nossa linda Portuense, eleita ontem a noite, em Palmas! Parabéns Tatiele, Porto Nacional te apóia!”, disse.

Tatiele, agora representará o Tocantins na fase nacional do Concurso Mis Brasil Be Emotion.

Jovem negra portuense é a nova Miss Tocantins e defende importância da representatividade e empoderamento
(Divulgação)

Presidente do PT aguarda notificação do TRE e diz estar seguro de coligação com Amastha: “fizemos tudo legalmente”

0
(Divulgação)

Brener Nunes – Gazeta do Cerrado

Por meio de um documento, o PT Nacional comunicou ao Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) que a sigla no Estado não poderá coligar com PSB de Carlos Amastha, indicando Célio Moura como vice, na eleição suplementar. Diante dos fatos, a Gazeta conversou com o presidente do PT do Tocantins, José Roberto Forzani, que afirmou que o diretório está seguro. “O TRE deve nos notificar ainda hoje. Mas estamos seguros, seguimos todas as orientações nacionais e políticas do partido”, disse.

José explicou que o TRE deve questioná-los sobre a decisão da coligação com o PSB de Amastha. “Eles irão nos questionar, e nós vamos apresentar a ata da convenção, e mostrar que respeitamos todas as resoluções do partido e eleitorais . Fizemos tudo legalmente, sabemos os partidos que podemos coligar ou não. Estamos seguros”, esclareceu Forzani.

O PT Nacional quer que a legenda vá para o palanque da candidata Kátia Abreu, aliada dos líderes nacionais da legenda. A troca de coligação depende agora do TRE.

No momento, Carlos Amastha está em Talismã do Tocantins, iniciando a campanha política. José Roberto ainda informou que devem seguir até o Bico do Papagaio.

Presidente do PT aguarda notificação do TRE e diz estar seguro de coligação com Amastha: "fizemos tudo legalmente"
Presidente do PT acompanha Amastha em agenda pelo interior (Divulgação)

Instagram