UFT: Câmpus de Miracema ganha centro esportivo, usina fotovoltaica e moradia estudantil

Por Gazeta do Cerrado | 05/03/2021

Última atualização em 05/03/2021 15:23

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

O diretor do Câmpus de Miracema, André Luiz, afirma que as inaugurações são fruto de esforço coletivo há muito expressado pela comunidade. “É uma satisfação porque este momento coroa toda a luta dos estudantes, com apoio dos professores, técnicos e reitoria. A Moradia Estudantil e o Restaurante Universitário trará outros ares, possibilitando bem-estar e condições maiores de permanência dos estudantes”.

Ele acrescenta que a redução dos custos com energia elétrica permitirá alocar esses recursos em outras demandas. E considera o Centro de Iniciação ao Esporte um equipamento integrador, relevante para todos os cursos.

O reitor da UFT, Luís Eduardo Bovolato, explica que as inaugurações fazem parte do que foi projetado para todos os câmpus. “São benfeitorias que irão colaborar bastante com o desenvolvimento e desempenho dos cursos em Miracema. É um trabalho que temos feitos em todos os câmpus, como parte do nosso compromisso firmado no plano de gestão”.

Estrutura

O Centro de Iniciação ao Esporte do Câmpus de Miracema possui área de 1.795,00 m², sendo composto por salas destinadas a depósito, copa, vestiários masculino e feminino (ambos com acessibilidade), sala de primeiros socorros, sala de professores e técnicos, administração e banheiros masculino e feminino (ambos com acessibilidade) no pavimento térreo e uma academia no pavimento superior.

A edificação apresenta plataforma elevatória que permite a acessibilidade ao pavimento superior. A quadra é poliesportiva, contando com aparelhos para prática de basquete (estrutura com cesta, móvel), vôlei (hastes e rede) e futsal (traves). Há ainda estrutura de arquibancada e grades com portinhola que permitem o acesso à quadra.

A Usina Fotovoltaica tem estimativa de economia mensal na fatura de energia no valor de R$ 6.098,40, totalizando anualmente em R$ R$ 73.180. O valor investido é de R$ R$ 373.962,20, com tempo de retorno investimento previsto para cinco anos. A economia anual nos seis campus será de R$ 583.982,78, assim que todas as usinas estiverem em funcionamento.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora-Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor-Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Subeditor: Lucas Eurílio

Jornalista: Brener Nunes

Jornalista: Maju Jacob

Redatora: Luciane Santana

Coordenador de Produção: Jota Pereira

Produtor Audiovisual: Luiz Menezes

Social Mídia: Hemilly Souza

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 985-211-001
[email protected]

Institucional ou Administrativo (63) 981-159-796
[email protected]