No Banner to display

Abençoado pela biodiversidade, Brasil se destaca em turismo ecológico e de aventura

Por: Luciane Santana | 27/09/2019

Última atualização em 27/09/2019 16:32

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Diversão, bem-estar no contato com a natureza e liberação de adrenalina são algumas das sensações registradas pelos amantes do turismo ecológico e de aventura. Quando o assunto é esse, o Brasil é abençoado pela biodiversidade. Registra o primeiro lugar do mundo em recursos naturais. Nos últimos anos, o país tem se destacado mundialmente por impulsionar os dois segmentos turísticos – o crescimento em 2018 foi de 20%.

Seis biomas e três ecossistemas marinhos diferentes, o país concentra 20% da biodiversidade mundial, registra 7.408 km de extensão litorânea; e 62% da área nacional possui vegetação nativa. A maior parte da Floresta Amazônica está no território brasileiro, que também conta com Pantanal, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga e Campos do Sul.

Enquanto o ecoturismo promove o patrimônio natural e cultural, o de aventura propõe atividades diversas nesses ambientes. Classificado também como turismo ambiental, o segmento se desenvolve em trilhas, cachoeiras, montes, rios, lagos, cavernas e parques. E dentre as diversas atrações radicais destacam-se: rapel, escalada, montanhismo, bungee jump, cicloturismo, bóia-cross, rafting, flutuações, arvorismo, tirolesa, canoagem, surf, windsurf, mergulho, kitesurf, e voo livre.

Economia

A Organização Mundial do Turismo (OMT) contabiliza um milhão de viajantes em busca de atrativos ao ar livre – mercado que movimenta mais de US$ 70 milhões só no Brasil. Os destinos nacionais, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta), recebem mais de cinco milhões de turistas e envolve duas mil empresas especializadas, além dos empregos indiretos. De acordo com o Ministério do Turismo (MTur), essas empresas faturam em torno de R$ 500 milhões por ano.

Divulgado este ano, o novo Mapa do Turismo registrou 3.285 Municípios e 328 regiões com atrativos turísticos, de Norte a Sul do Brasil. Desses, mais de 230 pontos disponibilizam o turismo ecológico e de aventura. Alguns desses atrativos são bastante conhecidos, como é o caso do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros ou Chapada dos Veadeiros (GO), que envolve os Municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d’Aliança.

pref novo irao AM

Cartão postal

Fernando de Noronha (PE) também está entre os destinos ecológicos mais conhecidos internacionalmente, por suas 21 ilhas, ilhotas e rochedos de origem vulcânica. Igualmente, as Cataratas do Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu (PR) é o segundo cartão postal brasileiro mais reconhecido no mundo. Já o parque estadual do Jalapão (TO) é um dos lugares mais bonitos do Brasil e abrange os Municípios de Ponte Alta do Tocantins, Mateiros, São Félix do Tocantins, Lizarda, Rio Sono, Novo Acordo, Santa Tereza do Tocantins, Lagoa do Tocantins e Rio da Conceição.

Entre as comemorações do Dia Mundial do Turismo, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca dois atrativos nacionais ecológicos e de aventura que ainda não são tão conhecidos, mas que merecem ter suas potencialidades reconhecidas. São eles: Novo Airão (AM) e seus quase intocados Parque Nacional de Anavilhanas e Parque Nacional do Jaú; e a Rota das Emoções criada em 2005, que é um complexo turístico formado por 14 Municípios de três Estados – Piauí, Ceará e Maranhão.

Norte

“Nosso Município é o maior potencial turístico do interior do Estado, é onde fica o segundo maior arquipélago fluvial do mundo”, contou o prefeito amazonense de Novo Airão (AM), Frederico Júnior. Ele afirmou que não existe outra atividade econômica, além do turismo, na região. “Tivemos uma mudança gigantesca na frequência de turistas em nosso Município, nossas pousadas estão lotadas, quase todo final de semana. A cidade tem tido muito movimento, e isso gera um aquecimento na economia”, relatou.

rota das emocoes CE

Frederico Júnior contou que as belezas naturais também atraem bastante turistas estrangeiros. Recentemente, um casal da Arábia Saudita foi recebido na cidade. Ele contou ainda que Novo Airão foi contemplado nas 30 Rotas Turísticas Estratégicas do Brasil, articuladas pelo governo federal, para receber recursos financeiros para fortalecer o turismo, com foco na geração de empregos. O Município deve receber investimento inicial de R$ 200 milhões. “Nosso objetivo é melhorar a infraestrutura”, disse.

Nordeste

Iniciativa inovadora, a Rota das Emoções compreende a Praia de Jericoacoara, Camocim e Barroquinha no Ceará, passando pelas praias de Cajueiro da Praia, Luís Correia e o Delta do Parnaíba no Piauí e a Praia dos Lençóis Maranhenses no Maranhão. O roteiro inclui relevantes atrativos do turismo nacional e internacional, como Lençóis Maranhense, Delta de Parnaíba e a Praia de Jericoacoara.

Em dez anos, os resultados somam a legalização de 80% dos negócios envolvidos no projeto, a ampliação para sete dias da taxa média de permanência dos turistas – mais que o dobro dos três dias registrados anteriormente – e a geração de recursos da ordem de R$ 219 milhões a partir do fluxo turístico via agências de viagem.

fonte: Agência CNM de Notícias

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]