No Banner to display

Agentes culturais apresentam sugestões para recursos da Lei Aldir Blanc no TO

Por Da Redação | 31/07/2020

Última atualização em 31/07/2020 14:53

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Discutir as diretrizes da Lei de Emergência Cultural, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Este foi o objetivo do encontro virtual, mediado pelo ator Cícero Belém, que aconteceu ontem, 30, das 18 às 21h. Cerca de 70 representantes de instituições culturais do Estado, organizados através do movimento Mobiliza Tocantins, estiveram presentes no encontro, que contou com a participação de Aldo Valentim, representante do Ministério do Turismo, Tom Lyra, presidente da Adetuc, e equipe técnica da pasta.

Marcada pelo diálogo, a reunião teve como pontapé inicial a leitura da carta aberta elaborada pelo Mobiliza. Tom Lyra discutiu com os participantes as demandas e prioridades elencadas na carta. Em seguida, o espaço foi aberto para questionamentos e cada representante, previamente inscrito, pôde fazer sua pergunta relacionada ao gerenciamento, planejamento e execução dos recursos da Lei Aldir Blanc.

 “Estamos satisfeitos e gratos ao Governo e à Adetuc pela disponibilidade de nos atender. Sabemos da importância histórica dessa lei e queríamos ouvir a equipe técnica da pasta para alinharmos os projetos e desenvolvermos as ações de forma conjunta”, agradeceu Kaka Nogueira, presidente da Federação Tocantinense de Artes Cênicas (Fetac).

 “Valorizar a cultura do Estado faz parte da gestão do governador Mauro Carlesse. Nos sentimos honrados e agradecemos a participação e engajamento dos representantes das instituições culturais do Tocantins. A equipe da Adetuc está à disposição para receber sugestões de projetos. Com o auxílio e parceria de todos os setores culturais do nosso Estado, poderemos otimizar o gerenciamento dos recursos”, pontuou Tom Lyra, reforçando que “um comitê gestor, composto por servidores da pasta, foi criado com o objetivo de acompanhar de perto as atualidades relacionadas à lei. Além disso, disponibilizamos espaço para a participação e composição de integrantes do Movimento Mobiliza no comitê”.

Lei Aldir Blanc – Tocantins

A Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc surgiu com o objetivo de ajudar os agentes da Cultura e os espaços culturais brasileiros nesse período de isolamento social ocasionado pela pandemia do coronavírus. O valor destinado ao Tocantins será de cerca de 35 milhões, sendo cerca de 21 milhões destinados ao Estado e cerca de 13 milhões destinados aos municípios.

fonte: Assessoria

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]