Apenas 1% dos pequenos negócios tocantinenses possuem marca registrada

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 11/02/2019

Última atualização em 11/02/2019 15:21

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Quem deseja começar um pequeno negócio deve estar atendo ao registro de marca. Empresas que registram a marca protegem a identidade e garantem segurança no mercado. O Sebrae Tocantins orienta que pessoas físicas e jurídicas a efetuarem o processo de registro pelo site do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). O procedimento é realizado em etapas, com duração mínima de dois anos. O primeiro passo é buscar saber se o nome que o empresário idealizou já foi registrado por outra empresa.

Atualmente o Tocantins possui mais de 55 mil microempreendedores individuais (MEI), 21 mil Microempresas (ME) e mais de 5 mil Empresas de Pequeno Porte (EPP). Hoje o Sebrae atende cerca de 82 mil pequenos negócios no estado. O comércio é o setor econômico de maior atuação dos pequenos negócios tocantinenses, seguido pelos setores de serviços e a indústria. De acordo com a pesquisa do Sebrae Nacional, apenas 19% dos pequenos negócios do país fizeram o pedido de registro de marca no INPI, pois não havia necessidade da solicitação do registro.

No Tocantins, somente 1% dos pequenos negócios possuem marca registrada. É o caso dos empresários Ana Carolina dos Anjos e Eduardo Garcia, proprietários do Mister Gula – Mercadinho, Assados e Congelados “O registro da marca gera segurança e abre a perspectiva de expansão do nosso negócio, além de agregar valor aos nossos produtos. Com esse registro percebemos a possibilidade de franquiar o nosso negócio. A Mister Gula agradece ao Sebrae por ter nos orientado para que conseguíssemos dar o nosso primeiro passo”, destacou Ana Carolina.

O analista do Sebrae Tocantins, Edglei Rodrigues, realça a importância do registro da marca. “Com o registro a empresa passa a ter patrimônio, protege a identidade da marca, possibilita o início de uma franquia e garante segurança quanto a propaganda do nome. No Tocantins foi contabilizado mais de 3 mil pedidos de registros de marca até 2017, equivalente à 3,7% dos negócios tocantinenses. O Sebrae, orienta os pequenos negócios que querem efetuar o registro da sua marca, por meio das consultorias tecnológicas do Sebraetec” enfatizou.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]