Após cobrança, Saúde diz não ter encontrado recursos apontados por Vicentinho e que recebeu R$ 16 milhões da bancada

Por Gazeta do Cerrado | 02/02/2021

Última atualização em 02/02/2021 10:47

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Secretaria de Estado da Saúde – Divulgação/SES

Em resposta ao ofício encaminhado pelo deputado federal Vicentinho Júnior (PL), em que ele questiona a utilização de recursos encaminhados para o enfrentamento à Covid-19, a Secretaria de Saúde (SES) encaminhou nota à imprensa informando não ter encontrado no sistema do Fundo Nacional de Saúde qualquer menção aos valores indicados pelo referido Parlamentar, como destinação de recursos de maneira individual.

A pasta ainda destacou que recebeu o mais de R$16 milhões, no entanto, o valor é referente a recursos encaminhados pela Emenda de Bancada n° 71280014/2020, a qual o deputado Vicentinho Júnior é integrante.

O ofício foi entregue pelo próprio deputado federal em visita ao secretário de Saúde, Edgar Tollini, no dia 22 de janeiro.

Deputado federal Vicentinho Junior e secretário da Saúde Edgar Tollini – Foto: Reprodução

Leia a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa, em resposta ao ofício encaminhado pelo deputado federal Vicentinho Júnior, em que o mesmo questiona a utilização de recursos encaminhados para o enfrentamento à Covid-19, não ter encontrado no sistema do Fundo Nacional de Saúde qualquer menção aos valores indicados pelo referido Parlamentar, como destinação de recursos de maneira individual.

Cabe destacar que a Secretaria de Estado da Saúde recebeu o montante de R $16.177.745,00, no entanto o valor é referente a recursos encaminhados pela Emenda de Bancada n° 71280014/2020, a qual o deputado Vicentinho Júnior é integrante.

Importante esclarecer ainda que a referida Emenda de Bancada não foi direcionada exclusivamente para aquisição de respiradores a serem utilizados em unidades municipais de saúde. Os equipamentos, objetos da referida emenda, possibilitam a aquisição de aparelhos de ultrassom, de raio-X e de anestesia, como também monitores multiparâmetros – que foram cadastrados no Ministério da Saúde para serem utilizados nos hospitais estaduais de média e alta complexidade, gerenciados pela SES e que atendem aos 139 municípios tocantinenses.

A Secretaria de Estado da Saúde ressalta que estão disponíveis para consulta pública, no Portal da Transparência do Governo do Tocantins, todos os gastos com o enfrentamento à Covid-19.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]