Cerca de 40 mil árvores serão plantadas em várias regiões do Tocantins

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 27/11/2019

Última atualização em 27/11/2019 15:52

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Uma parceria firmada pelo Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), com a Organização não Governamental (ONG) 8 Bilions Trees, com sede no Texas, Estados Unidos da América (EUA), vai possibilitar o plantio de 40 mil árvores em distintas regiões do Tocantins, incluindo os parques estaduais Cantão e Lajeado, área quilombola Barra da Aroeira e região do córrego Taquaruçu Grande, localizada no município de Palmas e inserida na Área de Proteção Ambiental (APA) Serra de Lajeado.

O recurso disponível no valor de R$ 240 mil possibilitará a contratação de mão de obra local para ações de coleta de sementes, produção de mudas, plantio, manutenção e monitoramento dos plantios por um ano, além de custos logísticos com manutenção de veículos e instalação de equipamentos.

Segundo o engenheiro florestal do Ruraltins, Ricardo Haidar, com foco na restauração ecológica e econômica de áreas degradadas, por meio do uso racional da flora e da cobertura de vegetação nativa, vem sendo desenvolvido o projeto Restaura – TO, e esse convênio chega para dar continuidade às ações.

“Esse recurso veio em boa hora para possibilitar a continuidade das ações do projeto, além de expandir o raio de ação do Restaura-TO para a região centro-oeste, nos municípios de Caseara e Marianópolis. Com esse recurso, poderemos desenvolver diferentes sistemas de restauração em regiões com clima e solos distintos e dessa forma conhecer as técnicas mais adequadas para especificidades ambientais locais, incluindo áreas inundáveis e secas em ambientes de cerrados e florestas. De posse dessas informações experimentais, o Tocantins estará avançado em relação às ações previstas no PRA  que surgiram após a validação do Cadastro Ambiental Rural”, avalia.

Segundo ainda Ricardo Haidar, que coordena o projeto Restaura-TO, o recurso vai possibilitar reestruturar o Banco de Germoplasma, que é a coleta, o armazenamento e o beneficiamento de sementes. “Vamos equipar nosso Banco de Germoplasma, instalado na sede central do Ruraltins, para melhorar a qualidade das sementes, além de adquirir e locar equipamentos que possibilitem a mecanização e melhor rendimento das ações de plantio e manutenção das áreas em processo de restauração”, pondera.

Coleta de sementes

Durante o período de seca, foram realizadas atividades de coleta e beneficiamento de sementes de espécies arbóreas e arbustivas nativas da região central do Tocantins, coordenadas por Ricardo Haidar, com equipes do corpo técnico do Ruraltins, de servidores da Secretaria de Estad da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), do Naturatins, do Ministério Público Estadual (MPE), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), de alunos da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) e da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

As sementes das 25 espécies coletadas durante a estação de seca estão depositadas no Banco de Germoplasma e sendo utilizadas para ações de semeadura direta, produção de mudas, confecção de artesanato e parcerias de cooperação técnica em ações de restauração e recuperação de áreas degradadas (passivos ambientais) do Estado.

Espécies

Ao todo, foram coletadas mais de 200 mil sementes de espécies madeireiras, medicinais, frutíferas e ornamentais, tais como Angico, Aroeira, Barbatimão, Cajuzinho-do-cerrado, Caraíba, Caroba, Colher de vaqueiro, Copaiba, Falso-angelim, Favela, Folha-seca, Fava-de-bolota, Gonçalo-alves, Guapeva, Imbiruçu, Jacaré, Jatobá, Mutamba, Pacari, Puça-preto, Sucupira-branca, Sucupira-preta, Tamboril-da-mata, Tingui e Vinhático.

Fonte:

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]