No Banner to display

Cidade do Bico proíbe eventos e cobra informações de hóspedes de hotéis

Por Gazeta do Cerrado | 14/01/2021

Última atualização em 14/01/2021 07:34

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Buriti do Tocantins – Foto: Divulgação

A Prefeitura de Buriti do Tocantins, no Bico do Papagaio, publicou um decreto com restrições para combater a pandemia de Covid-19 na cidade. O texto assinado pela prefeita Lucilene Gomes (SD) proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nos pontos comerciais da cidade e a realização de eventos.

O uso de máscara permanece obrigatório em todos os pontos comerciais do município e aglomerações também seguem proibidas. Além desses pontos há várias restrições:

  • Pelos próximos 30 dias fica proibido o consumo de bebidas alcoólicas em restaurantes, lanchonetes, conveniências, bares, trailers, depósitos de bebidas e em qualquer lugar que comercialize lanches ou refeições.
  • Padarias e supermercados em que o próprio cliente pode pegar os pães e similares deverão suspender este serviço, disponibilizando funcionário para atendimento ou oferecer os alimentos embalados. Também poderão disponibilizar luvas descartáveis aos consumidores.
  • Os serviços de alimentação (restaurantes, pizzarias, lanchonetes e congeneres) deverão reduzir em 50% o uso de mesas pelos clientes dentro dos estabelecimentos. Também deverão manter a distância mínima de segurança de dois metros entre as mesas e só serão permitidas até quatro pessoas por mesa.
  • Hotéis e pousadas deverão repassar diariamente informações à vigilância epidemiológica, sobre dados pessoais de seus hóspedes, local de origem, data de chegada e previsão de partida;
  • Foram suspensas também atividades em clubes, boates, casas de espetáculos e casas de eventos, assim como a realização de eventos, reuniões ou atividades em que ultrapasse o número de cinco participantes.
  • As atividades religiosas poderão acontecer, mas desde que as medidas de segurança sejam cumpridas e respeitadas, com distanciamento, uso de máscara e disponibilização de álcool em gel.

 

O decreto está valendo e quem descumprir poderá ser penalizado. O valor inicial da multa é de R$1 mil, podendo chegar a R$ 2 mil em caso de reincidência.

Com uma população de 11.497, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Buriti do Tocantins registrou 309 casos de coronavírus e uma morte pela doença.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]