Com dificuldades após fechamento da Frango Norte, avicultores poderão renegociar dívidas

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 14/03/2018

Última atualização em 26/08/2019 10:47

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

A agência do Banco da Amazônia em Paraíso vai abrir mais cedo nesta sexta-feira, 16, exclusivamente para atender os avicultores do município e da região, que enfrentam dificuldades por causa do fechamento da Frango Norte. A agência local será aberta às 8 horas e contará com a presença de funcionários da superintendência regional do banco. A decisão é resultado de uma reunião realizada nesta quarta-feira, 14, com o presidente da Casa, Mauro Carlesse (PHS), o superintendente do Basa no Tocantins, Carlos Henrique Garcia e cerca de 20 avicultores.

Durante toda a sexta-feira os avicultores que comparecerem à agência terão a oportunidade de renegociar suas dívidas com o banco. “Estou designando um profissional aqui da superintendência para fazer um atendimento específico desse grupo na nossa unidade em Paraíso, para que eles solucionem esse problema ao banco”, explicou Carlos Henrique Garcia.

Segundo encontro

Este foi o segundo encontro entre Carlesse e os avicultores. No dia 23 de fevereiro eles procuraram o chefe do Legislativo estadual e relataram as dificuldades enfrentadas em função do fechamento da Frango Norte. Na ocasião, Carlesse que faria todo o possível para tentar sanar o problema. Para isso, convidou o representante do Basa, em nome da Associação, para que renegociasse as dívidas”.

Mediação

Após a reunião desta quarta, tanto o representante do Banco da Amazônia quanto dos avicultores destacou o papel de Carlesse na mediação das discussões. “Por meio dele foi que conseguimos ter acesso ao superintendente do Banco da Amazônia, em busca de uma negociação coletiva. Então, foi de grande valia a participação do Carlesse”, destacou o presidente da Associação dos Avicultores Centrais do Tocantins (AACT), Joselino Rodrigues, acrescentando que pelo menos 50 produtores da região estão com suas propriedades penhoradas pelo Banco da Amazônia, e sem condições de trabalhar por ter sido fechada a Frango Norte.

“A Assembleia nos contatou, por meio de sua Presidência. E nós, sensibilizados, viemos aqui. Por isso parabenizamos a atitude do deputado Mauro Carlesse em virtude de ter abraçado essa causa. O apoio das autoridades é muito importante para que as coisas se materializem com mais rapidez, principalmente para um setor que passa por crise, e que demanda também de ações do poder público”, felicitou Carlos Henrique Garcia.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]