No Banner to display

Comitê lança cartilha digital com informações sobre queimadas no Estado

Por Lucas Eurilio | 02/07/2020

Última atualização em 02/07/2020 12:25

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Com o objetivo de orientar sobre os cuidados com o meio ambiente e evitar os elevados índices de queimadas no Tocantins, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e da Defesa Civil Estadual, instituições que compõem o Comitê do Fogo, lançam a Cartilha Digital com diversas informações sobre o fogo.

Segundo o secretário da Semarh, Renato Jayme “essa Cartilha Digital vai ser mais uma ferramenta de orientação para a população que poderá buscar o conhecimento sobre o fogo e seu uso”.

O secretário ainda destaca “que esse trabalho de educação ambiental apresentado na Cartilha é relevante no combate às queimadas, principalmente nos próximos meses que são considerados os mais propícios aos incêndios florestais”.

O presidente do Naturatins, Sebastião Albuquerque Cordeiro destaca que “o órgão é responsável pela execução da política ambiental no Estado, e além de realizar o monitoramento e o controle ambiental, também fiscaliza o cumprimento da legislação ambiental. Desta forma é de fundamental importância esclarecer a população sobre o uso do fogo”.

Dentre os esclarecimentos que a Cartilha traz estão as definições dos termos que vão auxiliar no entendimento da população quanto ao uso do fogo.

Informes

Um dos informes trata do Manejo Integrado do Fogo (MIF), que é um modelo de planejamento e gestão que associa aspectos ecológicos, culturais, socioeconômicos e técnicos na execução, na integração, no monitoramento, na avaliação e na adaptação de ações relacionadas com o uso de queimas prescritas, controladas, a prevenção e o combate aos incêndios florestais, respeitado o uso tradicional e adaptativo do fogo.

Outra informação que a Cartilha apresenta é em relação a queima controlada, que consiste no uso planejado, monitorado e controlado do fogo, realizado para fins agrossilvipastoris (plantação, criação de animais e Reserva Legal – área que não pode ser desmatada). A queima controlada ocorre em áreas determinadas e sob condições específicas.

De acordo com o superintendente da Defesa Civil, tenente-coronel Erisvaldo Alves, a Cartilha Digital vem ao encontro com as demandas do Comitê.

“Uma das atribuições do Comitê é direcionar a educação, a prevenção, o combate e a fiscalização das queimadas, e as informações foram colocadas na cartilha de forma mais leve que podem ser absorvidas tanto por adultos quanto por crianças”, pontuou. O tenente-coronel ainda destaca que “a tecnologia vai auxiliar na divulgação desse informativo atingindo uma quantidade maior de pessoas e consequentemente apresentará maiCom o objetivo de orientar sobre os cuidados com o meio ambiente e evitar os elevados índices de queimadas no Tocantinss resultados positivos”.

Ações

A Cartilha Digital também apresenta os trabalhos que já estão sendo executados no combate aos incêndios por meio da prevenção e monitoramento.  Através da parceria firmada entre a Semarh e Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo (CEMAF), da Universidade Federal do Tocantins (UFT) de Gurupi, com o auxílio das informações do Cadastro Ambiental Rural (CAR), foi possível realizar um mapeamento das queimadas no Estado nos últimos cinco anos, cruzando os dados com a geolocalização das propriedades rurais para localizar a origem dos focos de incêndio. Com isso é possível identificar pontos de maior recorrência de incêndios no Estado e direcionar ações de monitoramento e orientação.

O projeto Foco no Fogo, que foi lançado em 2020, também faz parte dos informativos contidos na Cartilha Digital.

O projeto visa orientar, por meio de ligações telefônicas, WhatsApp e redes sociais, os proprietários rurais sobre os riscos que os incêndios podem trazer para a saúde pública e para o meio ambiente, além dos prejuízos econômicos. O projeto Foco no Fogo busca o comprometimento do setor privado e de toda a sociedade civil articulada em relação às ações de educação ambiental, de prevenção, controle do uso do fogo e combate às queimadas ilegais e incêndios florestais.

Ao testemunhar queimadas ilegais e incêndios florestais a população pode realizar a denúncia através dos canais oficiais dos órgãos fiscalizadores que são: Polícia Militar -190 e Linha Verde Naturatins – 0800 63 1155.  

Para combate aos focos de incêndios os contatos devem ser feitos diretamente com Corpo De Bombeiros através do 193,  Defesa Civil  pelo 199 e a Guarda Municipal Ambiental (Palmas) ligando 153. Se tiver dúvidas sobre procedimento de denúncias e informações sobre queimadas autorizadas, o cidadão pode entrar em contato através do WhatsApp ambiental pelo número 9 9988-0030 que funciona exclusivamente para mensagens de texto.

A Cartilha Digital pode ser acessada através do link.

Fonte: Ascom SMARH

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]