Dia Nacional do Turismo: Com boom de 37%, Tocantins é a bola da vez e investe cada vez no potencial turístico

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 02/03/2020

Última atualização em 02/03/2020 19:09

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Maju Cotrim

Nesta terça-feira é lembrado o Dia do Turismo. O Tocantins no último ano cresceu significativamente no volume de turistas e nas ações de valorização as atividades turísticas.

Um Estado que caminha para consolidar ações de turismo tendo também as comunidades onde estão os atrativos também como protagonistas. Os olhos institucionais estão voltados para o entendimento da necessidade urgente de fortalecer a cadeia turística do Estado.

Os dados de 2019 da Agência de Turismo do Tocantins confirmam o crescimento de demanda turística nas praias tocantinenses durante a temporada 2019 e no Jalapão além do aumento em 191% de registro de empresas do trade no sistema de Cadastro do Ministério do Turismo, o Cadastur. Sob o comando do empresário Tom Lyra e com sensibilidade do governo como um todo, o turismo tem sido pauta prioritária no governo.

A Agência do Governo contabilizou como conquista também o andamento dos programas financiados pelo Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins (PDRIS), com recursos do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD): Observatório do Turismo, Pesca Esportiva, Turismo de Base Comunitária e Turismo de Observação de Aves.

O Tocantins fortaleceu ainda a participação em eventos de divulgação turística nacional e internacional. Até o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro esteve no Jalapão ano passado e fez o compromisso de ajudar a viabilizar a tão esperada pavimentação.

Crescimento de 39%

“Uma das maiores prioridades do Carlesse era colocar o turismo no cenário nacional gerando atração, infraestrutura e divulgação e para isso teve que fazer a base de estruturação”, disse Tom Lyra ao afirmar que o turismo cresceu 39%. Ele projeta que nos próximos cinco anos o turismo no Tocantins terá o maior patamar de crescimento na história do país.

Tom Lyra – – Foto: Ademir dos Anjos

“Essa visão de fazer a diferença no turismo e porque o governador entende que o turismo é um meio rápido de gerar emprego. A movimentação do turismo tem feito a diferença na vida das pessoas”, disse ao citar o etnoturismo.

Acompanhe pela Gazeta todos os dias as belezas turísticas e as notícias sobre o turismo no Tocantins.

Turismo


Você já pensou em explorar o turismo tocantinense?

O nosso estado abrange o segundo maior bioma do país, o cerrado brasileiro, com a mais rica savana do mundo em biodiversidade, a nossa região é riquíssima em atrativos naturais e cidades históricas. Quer saber o que mais tem para fazer no Tocantins além do Jalapão, o destino “mais falado” do estado? Prepare-se para as surpresas que nós selecionamos para vocês!

Arquipélago do Tropeço
Sabia que Tocantins detém o terceiro maior arquipélago fluvial do mundo?

Com mais de 366 ilhas espalhadas pelo Rio Tocantins, o arquipélago surpreende por suas águas multicolores, indo do verde ao azul e até ao prateado, dependendo da exposição a luz, que chegam às lagoas, canais e rios. Os turistas desfrutam de praias fluviais, atividades de aventura, acampamento e pesca esportiva.

Cantão


Para quem é apaixonado (a) pela observação de pássaros, Cantão é o lugar ideal. A área de transição entre os maiores ecossistemas brasileiros – a Amazônica e o Cerrado – abriga mais de 500 espécies de aves, que circulam entre veados, botos, jacarés e outros animais exóticos.

Entre os municípios de Araguacema, Caseara, Lagoa da Confusão e Pium, que formam a região a 256 km de Palmas, os visitantes também encontram rios, praias às margens do Rio Araguaia, florestas e trilhas aquáticas, possíveis

Ilha do Bananal
Fazendo divisa com o Pará, Mato Grosso e Goiás, a ilha não tem nada de pequena, muito pelo contrário, é a maior ilha fluvial do mundo, com 2 milhões de hectares, que abrigam ainda o Parque Nacional do Araguaia. Sua fauna e flora composta por lagos, igapós, rios e riachos formam um santuário ecológico, estabelecido em 1989, e também uma importante aldeia indígena, das etnias Javaés e Karajá. Na época das chuvas, entre setembro e março, a região alaga e forma pantanais.

Para acessá-la é necessário autorização dos órgãos federais Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) ou ou da Fundação Nacional do Índio (Funai). Há várias cidades turísticas para visitar: Formoso do Araguaia, Gurupi, Lagoa da Confusão e Peixe, sendo este último um dos principais devido às praias de rio, como a praia da Tartaruga.
entre os meses de abril e maio. Olhando de cima, uma de suas paisagens parece até o planeta Terra.

Lagoa do Japonês
Localizada em Pindorama do Tocantins, a 240 km de Palmas. As águas azuis e cristalinas da Lagoa do Japonês têm atraído a atenção de muitos turistas em busca de paz e tranquilidade.

Lagoa do Japonês

No caminho da lagoa, serras e paredões mostram a força da natureza cheia de cor. Após 35 quilômetros de estrada de chão, a partir de Pindorama, surge um verdadeiro oásis no meio do Tocantins.

Taquaruçu
Pertinho de Palmas, mais precisamente a menos de 30 km de distância, Taquaruçu é uma boa opção para quem não tem tanto tempo disponível de viagem. O distrito de nome indígena abriga mais de 80 cachoeiras de águas frias, como a da Roncadeira, que tem 70 metros de altura e permite rapel. Trilhas, rios e boa infraestrutura ajudam o local a deslanchar dentro do turismo. Os mais corajosos aproveitam para se aventurar na tirolesa Voo do Pontal, uma das mais altas do país. Pertinho de Palmas, mais precisamente a menos de 30 km de distância, Taquaruçu é uma boa opção para quem não tem tanto tempo disponível de viagem. O distrito de nome indígena abriga mais de 80 cachoeiras de águas frias, como a da Roncadeira, que tem 70 metros de altura e permite rapel. Trilhas, rios e boa infraestrutura ajudam o local a deslanchar dentro do turismo. Os mais corajosos aproveitam para se aventurar na tirolesa Voo do Pontal, uma das mais altas do país.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]