Em ano atípico, menos de 15% das empresas palmenses devem abrir vagas temporárias neste final de ano

Por Gazeta do Cerrado | 09/11/2020

Última atualização em 09/11/2020 11:45

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Comércio em Palmas – Divulgação

O Natal é a melhor data em vendas para o comércio. Com o aumento do volume de vendas, as empresas tendem a necessitar de mais mão de obra o que resulta nos empregos temporários de fim de ano. No entanto, em 2020, um ano atípico que trouxe uma crise de saúde e econômica, o comércio de Palmas não se vê muito otimista.

Onde há vagas?

Uma pesquisa realizada pela CDL Palmas com empresas da capital tocantinense, revelou que somente 14,4% das empresas pretendem abrir vagas de emprego temporário este ano. Em 2019, cerca de 40% das empresas palmenses pretendiam contratar funcionários para as vagas de fim de ano. Dos 85% que não pretendem contratar em 2020, 80% afirma estar com o quadro de funcionários no limite do faturamento; 5,8% têm medo de não conseguir realizar o pagamento dos funcionários; 4,3% diz que a pandemia foi fator determinante para o recuo de contratações; outros 4,3% não têm perspectiva de melhora no comércio; 2,9% citaram a baixa nas vendas e o restante (1%) disse não necessitar abrir vagas temporárias.

Para o presidente da CDL Palmas, Silvan Portilho, o decréscimo na expectativa de contratações temporárias é reflexo de todo o ano. “Sabemos que 2020 foi um ano difícil para o comércio. Ficamos fechados por muito tempo, contas atrasaram. Por mais que o fim de ano seja a nossa melhor época, ainda vemos muitos empresários pessimistas. Esperamos sim um aquecimento nas vendas, mas nada que nos faça abrir centenas de vagas de empregos”, disse.

Empregos temporários

Em relação às empresas que pretendem abrir vagas de emprego temporário, 66,7% pretende contratar em novembro e 16,7% em dezembro e outros 16,7% ainda em outubro. Os principais requisitos citados são: ter ensino médio completo (83,3%); ter conhecimento em informática (50%); ter experiência (33,3%) e ter CNH (33,3%). O salário das vagas varia entre 1 salário mínimo (33,3%) e 2 salários mínimos (66,7%).

Fonte – Assessoria CDL Palmas

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
majucotrim@gazetadocerrado.com.br

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
marcojacob@gazetadocerrado.com.br

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
portal@gazetadocerrado.com.br

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
comercial@gazetadocerrado.com.br

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
marcojacob@gazetadocerrado.com.br