Em busca de regularização no Tocantins, imigrantes venezuelanos sobrevivem com doações sociais

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 07/06/2019

Última atualização em 07/06/2019 17:23

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Um grupo de imigrantes venezuelanos, seis adultos e quatro crianças, está vivendo em Araguaína através de doações da sociedade e igreja. Acompanhar essas famílias foi o objetivo de uma articulação que reuniu diversas instituições, entre elas a Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), em reunião nesta quinta-feira, 6.

Os encaminhamentos objetivam regularizar a documentação pessoal e de trabalho dessas pessoas e prestar assistência social e auxílio material. Inclusive, uma campanha da DPE-TO, por meio do Núcleo das Minorias e Ações Coletivas (Nuamac), está arrecadando itens para doação às famílias, desde alimentos à fralda, para destinar a uma mulher do grupo que está grávida de oito meses.

Segundo o coordenador do Nuamac Araguaína, defensor público Pablo Chaer, a Defensoria Pública está imbuída em todas as questões de vulnerabilidade social. “Estamos resguardando eventuais direitos, promovendo a informação de direitos humanos, que perpassam pela assistência mais básica aos imigrantes que se encontram em situação de grande necessidade”, comentou.

Após escuta do grupo de imigrantes, foi definido que o tempo de permanência deles na cidade está atrelado às expectativas de emprego e após o parto da mulher. Eles estão residindo em uma casa alugada, paga com ajuda de pessoas da sociedade em geral e de uma instituição religiosa.

A reunião contou com participação de várias instituições públicas de Araguaína, além da DPE-TO, Comissão Pastoral da Terra, Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho, Polícia Federal e Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria de Assistência Social e Fundação de Atividade Municipal Comunitária (Funamc).

fonte: Keliane Vale

 

 

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]