Escolha alimentar: como as pessoas decidem o que comer?

Por Gazeta do Cerrado | 21/01/2021

Última atualização em 21/01/2021 14:26

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Você já se perguntou “por que as pessoas comem o que comem?”. A resposta para essa pergunta, com certeza, não é simples. A escolha alimentar é resultado da interação de múltiplos fatores, sejam biológicos, ambientais, sociais ou psicológicos.

Para mudar comportamento é necessário compreender os determinantes que afetam a escolha dos alimentos.

Mudar comportamento envolve muito mais do que conhecimento e informação. Para propor ações de educação alimentar e nutricional que visem de fato essa mudança, precisamos compreender os diversos fatores relacionados a tudo que uma pessoa ou comunidade conhece e acredita sobre alimentação e nutrição.

Outra questão muito importante é a abordagem multidimensional do alimento. O alimento não se limita à dimensão biológica, ele também representa aspectos culturais, sociais e afetivos dos indivíduos e das comunidades.

As pessoas tomam decisões sobre os alimentos a todo o momento: Quando comer? O que comer? Com quem comer? Quanto comer?

Não importa se estamos falando de uma refeição ou apenas de um lanche, as vontades relacionadas às escolhas alimentares são complexas e influenciadas por muitos fatores.

Afinal, como é feita a escolha alimentar?

Compartilho a seguir alguns exemplos dos principais determinantes das escolhas alimentares:

  • Biológicos /Sabores – prazer de comer “fome hedônica”;
  • Econômicos/Custos – disponibilidade de alimentos; acesso a feira, sacolões, supermercados, entre outros;
  • Sociais / Culturais – formas de preparo, tradições e meio social;
  • Psicológicos / Humor – combustível para compulsões levando a comportamentos disfuncionais na relação com alimento.

Lembre-se de que comemos alimentos!

Você já ouviu alguém dizer: “Nossa, que delicioso está este zinco”, ou, então, “Você prepara maravilhosamente este magnésio com cálcio”? Não!

E se você ficou surpreso com essas expressões, é porque você já se deu conta de que no dia a dia comemos alimentos e não nutrientes.

Portanto, limitar a alimentação à dimensão biológica não faz sentido quando falamos do comportamento alimentar.

A nossa alimentação e as nossas escolhas alimentares estão relacionadas a diversos fatores, que chamamos de “determinantes do comportamento alimentar”.

A formação de hábitos alimentares saudáveis começa muito cedo, já no ambiente intrauterino. A infância, e em especial os primeiros mil dias de vida da criança, período que compreende a gestação e os primeiros dois anos de vida da criança, é uma janela para a formação de hábitos alimentares saudáveis.

Por isso, nunca se esqueça de que os hábitos alimentares saudáveis formados nesse período tendem a permanecer por toda a vida!

Quem é Rosangela Sampaio?

Rosangela Sampaio é psicóloga, palestrante, escritora e apresentadora do programa Mulheres em Flow.

Divulgação

Dentre seus trabalhos literários estão o capítulo “O poder do autoamor”, da obra “Autoamor – Um caminho para regulação emocional e autoestima feminina”, além das coordenações editoriais e coautorias dos livros “Sem Medo do Batom Vermelho”, onde aborda um tema que é sempre polêmico, a rivalidade feminina, e “Mulheres Invisíveis”, sobre violência contra a mulher.

Também é colunista de portais expressivos e revistas nacionais, entre eles O Segredo, Revista Vivendo PlenaMente, Revista Cenário Minas e Revista Statto, onde leva informações sobre saúde mental para todos com uma linguagem leve, acessível e mostrando que disfunções emocionais fazem parte da vida de todos, não apenas “de gente fraca”.

Saiba mais sobre o seu trabalho em @rosangelasampaiooficial e @mulheresemflowoficial.

Por Rosangela Sampaio

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]