Dia da Padroeira do Tocantins é comemorado nesta quinta-feira

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 08/09/2016

Última atualização em 26/08/2019 10:48

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Nesta quinta-feira, 8, católicos de todo o Estado comemoram o Dia da Padroeira do Tocantins, Nossa Senhora da Natividade. A homenagem está ligada à devoção à santa e à história da sua imagem, presente no município de Natividade há quase três séculos.

As comemorações do Dia de Nossa Senhora da Natividade se iniciam em 30 de agosto. A celebração realizada no dia 8 de setembro assinala o encerramento da novena em devoção à padroeira do Tocantins. Os festejos são marcados por quermesses, leilões e missa solene no dia dedicado à Nossa Senhora.

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento da Cultura da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), Noraney de Fátima Castro, a festa é um atrativo cultural importante para o Estado. “Ela potencializa manifestações e expressões populares, destacando a tradição religiosa e os valores na formação do ser humano, tornando a diversidade social e econômica da região um protagonismo de promoção cultural”, destacou.

Quem estiver em Palmas pode acompanhar a missa dedicada à padroeira na Catedral do Divino Espírito Santo, realizada às 19h30. Em Natividade, as comemorações acontecem na Igreja Matriz.

História

Trazida pelos jesuítas em 1735, a imagem de Nossa Senhora da Natividade foi uma das primeiras a chegar à região e posteriormente levada para a Igreja Matriz de Natividade, uma das mais antigas do Estado, datada de 1759.

Com a criação do Tocantins, fiéis iniciaram uma campanha para tornar Nossa Senhora da Natividade padroeira do Estado. Em março de 1992, a solicitação foi encaminhada ao papa João Paulo II e a resposta positiva veio no mesmo ano. No dia 15 de agosto de 1992, durante a Romaria do Bonfim, em Natividade, Nossa Senhora da Natividade foi oficialmente instituída como a padroeira do Tocantins.

Natividade

De influência portuguesa, a celebração à Nossa Senhora da Natividade é realizada nove meses após a festa da Imaculada Conceição de Maria, no dia 8 de dezembro. Esse espaço entre as datas refere-se ao período de gestação de Maria no ventre de Santa Ana. A Natividade relaciona-se com o seu nascimento.

Fonte: Ascom

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]