Indústria de FFLV acredita que maiores desafios de 2021 são aumento de custos e incerteza econômica

Por Gazeta do Cerrado | 16/02/2021

Última atualização em 16/02/2021 10:45

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

FFLV ((Flores, Frutas, Legumes e Verduras) – Foto: iStock

Reunidos virtualmente, boa parte dos associados da PMA Brasil, entidade que representa da indústria de flores, frutas, legumes e verduras, discutiram os maiores desafios e as oportunidades de 2021, um ano que se mantém imprevisível em relação à demanda de consumo.

Produtores, distribuidores, varejistas e as maiores empresas de embalagens, das cinco regiões do país, debateram as principais dificuldades para um planejamento estratégico. As alterações climáticas, aumento de insumos e falta de embalagens são grandes preocupações, mas a incerteza da economia e a redução do poder aquisitivo são prioridades no radar do setor que alimenta a população.

“Desde o início da pandemia, o Conselho da PMA Brasil se reúne quinzenalmente para analisar a conjuntura e alinhar ações que possam mitigar problemas na cadeia de produtos frescos. Integrar os associados permite analisar o cenário de todo o país, ajuda a mapear demandas e procurar soluções que não afetem o abastecimento e aumente o consumo, na pegada da saudabilidade”, explica Valeska de oliveira, representante da PMA no Brasil.

Os principais desafios da indústria de FFLV são: aumento de custos em geral – insumos, impostos – (22%); incerteza da economia- redução do poder de compra (22%); falta de embalagens (17%) e mudança dos canais de comercialização – ecommerce (13%).

A pesquisa também revelou, na opinião dos participantes, as principais oportunidades em 2021 são: a educação para o varejo e consumidor com destaque para benefícios de FFLV (23%), investir em e-commerce (16%), o Ano do FLV (14%) e o comportamento do consumidor (14%).

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]