Mais de 10 mil peixes serão soltos em lago de Araguaína

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 17/10/2019

Última atualização em 17/10/2019 11:00

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

A segunda ação do Projeto Lago Vivo será realizada neste sábado, 19, com a reintrodução de mais de 10 mil alevinos de espécies nativas no Lago Azul. A soltura terá início às 9 horas, na futura praia Via Lago, e contará com a presença do prefeito Ronaldo Dimas, membros do Clube de Pesca em Caiaque de Araguaína, empresários e comunidade.

Serão soltos 10 mil alevinos da espécie caranha e surubim, com mais de 10 centímetros de tamanho. A iniciativa faz parte do Projeto Lago Vivo, promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, com a finalidade de produzir alevinos saudáveis para o peixamento do Lago Azul.

O projeto visa reintroduzir um total de 200 mil espécies de peixe já extintas no Lago Azul, em Araguaína, após a construção da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) do Corujão, na década de 1970.

Primeira soltura

A primeira soltura do projeto foi realizada em agosto, quando 10 mil alevinos foram reinseridos no lago e seguem sendo monitorados por equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. De acordo com o biólogo Aníbal Souza Neto, foram colhidos relatos de moradores da região que já visualizaram a presença de pequenos cardumes.

“Nesse momento o monitoramento se baseia na observação dos peixes que foram soltos, com base também no relato dos moradores das proximidades. A nossa expectativa é de que daqui a aproximadamente sete meses possamos realizar o monitoramento por meio da captura de peixes para avaliar o tamanho, peso e a reação deles à cadeia alimentar”, explicou Aníbal.

Parcerias

Já são parceiros do projeto o Supermercado Campelo, Lojas Nosso Lar e a Via Lago Sport Fishing. Segundo o secretário executivo de Desenvolvimento Econômico, Helter Dantas, as ações estão abertas a novas parcerias da iniciativa privada para doação de insumos e peixes. “Muito gratificante ver a participação de empresários locais que amam o Lago Azul e querem ter de volta o Lago Vivo”, destacou o secretário.

Para o diretor da empresa Via Lago Sport Fishing, Elionai Rodrigues, apoiar esse projeto é acreditar no desenvolvimento da nossa cidade.

“É motivo de muita satisfação fazer parte desse projeto e poder contribuir com o crescimento da nossa cidade, como pescador esportivo e amante da natureza acredito que por meio desse projeto teremos um futuro melhor, uma vez que estamos dando vida ao lago, movimentaremos Araguaína para o turismo local, além de ajudarmos a melhorar nosso meio ambiente”, destacou o empresário.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]