Na reta final: Festival Gastronômico de Arraias começa avaliação de pratos

Por Gazeta do Cerrado | 20/11/2020

Última atualização em 20/11/2020 12:04

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Arraias – Foto – Divulgação

Depois de mais de três mil quilômetros percorridos na coleta dos pratos concorrentes, oriundos mais de 20 municípios localizados em cinco estados (Tocantins, Goiás, Bahia, Distrito Federal e Minas Gerais), a IV edição do Festival Gastronômico de Arraias, promovido pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), entrou nesta quinta-feira (19) em sua etapa final – a de avaliação dos produtos (geleias, compotas e licores) à base de elementos da culinária cerratense. Das 59 inscrições ao Festival, 41 estarão sendo avaliadas a partir desta quinta.

A transmissão, ao vivo, será pelo canal do Gosto Cerrado, no Youtube, a partir das 16h.

A programação do Festival prossegue por mais três dias (desta quinta até domingo), quando então serão anunciados os pratos vencedores, tudo ao vivo pelos canais do projeto. Confira toda a programação nos cards de divulgação dispostos ao final do texto.

Reinvenção na pandemia

Segundo a professora Thamyris Carvalho Andrade, idealizadora e coordenadora  do evento, em 2020 o evento precisou, literalmente, se reinventar devido à crise gerada pela pandemia da Covid-19. “Nos tirou da zona de conforto; tivemos de nos reinventar, aprender tudo de novo e redesenhar uma nova proposta para que não perdêssemos o clima do projeto e do evento”, contou. Para ela, a ideia de fazer o evento de forma virtual foi desafiador, interessante e resultou em maior visibilidade e amplitude para o Festival.

“Nosso público era, com os eventos presenciais, do Nordeste Goiano e Sudeste do Tocantins. Em 2020, resolvemos expandir o evento na forma virtual e abrimos para todo o território do Cerrado. Toda pessoa física moradora do Cerrado teve chance de se inscrever. O alcance foi muito grande e recebemos inscrições de cinco estados diferentes”, disse.

O evento feito de modo virtual também gerou uma competição diferente e interessante – uma disputa entre compotas, geleias e licores – justamente por serem produtos que têm maior durabilidade e poderem passar por uma avaliação e também premiação sem que estragassem. “Primeiro pensamos em fazer com que os concorrentes enviassem os produtos pelos Correios, mas pensamos naqueles que não teriam possibilidades logísticas e financeiras para enviar seus pratos; então resolvemos fazer uma coleta in loco; pudemos conhecer os produtores, suas propriedades, suas cozinhas, seus modos de fazer. Foi maravilhoso, conta Thamyris. Para ela, foi uma viagem em busca da criatividade culinária instigada pela biodiversidade do Cerrado. “Paralelo a isso, casamos a ideia de homenagear as mulheres, as mestras da culinária cerratense – as doceiras do Cerrado; foi muito gostoso esse processo”, afirmou.

Parcerias e voluntariado

A coordenadora do evento destaca as parcerias conseguidas para realização do evento e o apoio da Universidade. “A UFT proporcionou que continuássemos a ‘tocar’ o evneto de forma exemplar; nós tivemos muitos apoiadores, que cederam produtos para sorteios e presentes aos cheffs participantes das atividades”. Ela destaca também o trabalho essencial dos voluntários do projeto. “São pessoas – tanto os parceiros quanto os voluntários – comprometidas com a conservação do Cerrado e acreditam nessa proposta”, enfatizou.

O Festival

O Festival Gastronômico de Arraias existe desde 2017, fomentando e valorizando a memória, a história e o saber fazer das comunidades tradicionais do Nordeste goiano e do Sudeste do Tocantins. Nos últimos três anos, contou com um público aproximado de oito mil pessoas, movimentou mais de R$ 35 mil por meio da venda de mais de seis mil pratos, e toda a renda gerada foi destinada integralmente aos competidores e à cadeia produtiva local.

Para mais detalhes sobre o evento e o processo de avaliação, basta acessar o site do festival https://www.gostocerrado.com/ ou ficar atento às lives no Canal Gosto Cerrado (Youtube) ou no perfil Gosto Cerrado, no Instagram.

Confira a programação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
majucotrim@gazetadocerrado.com.br

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
marcojacob@gazetadocerrado.com.br

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
portal@gazetadocerrado.com.br

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
comercial@gazetadocerrado.com.br

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
marcojacob@gazetadocerrado.com.br