O que diz o líder no Congresso após fala de Bolsonaro: “Meu compromisso é 100% com os municípios e com o Tocantins”

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 25/03/2020

Última atualização em 25/03/2020 13:23

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Maju Cotrim

O senador tocantinense e líder do governo Bolsonaro no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO) se posicionou em entrevista à Gazeta do Cerrado após o pronunciamento oficial de Jair Bolsonaro em rede nacional nesta terça-feira, 24. “Como líder tenho que analisar o que ele (o presidente) manda para o Congresso. Não misturo revanche digital com o momento que o país passa. Como líder no Congresso, todas as medidas de apoio a Estados e municípios tiveram 100% de apoio. Meu compromisso é ajudar 100% os municípios e o Estado do Tocantins ”, disse.

Gomes explicou ainda: “precisamos ficar atentos ao processo de revanche digital, isso não me contamina. Tenho que ter responsabilidade absoluta com meu Estado, meu compromisso institucional é com a população do meu Tocantins, o governo, as 139 prefeituras e meu país, tenho que levar recursos e estou tendo apoio do presidente para isso. Como líder, tenho que prestar atenção nas matérias do presidente e minha avaliação é de 100% de compromisso com o país. Nunca recebi nenhuma matéria que não fizesse sentido ”, disse.

O senador ressalta que todas as matérias que recebeu desde que assumiu a liderança foram de interesse público e para alavancar o país. “Como presidente da República, 100% das matérias enviadas para o Congresso foram republicanas e de benefício direto da população. Não tenho sequer nenhum ofício que eu pudesse repreender no ambiente congressual, só mandou matéria boa para o país”, analisou.

Gomes pontuou que o momento é de cautela: “O movimento do presidente nas últimas 72 horas foi de liberação do maior recurso da história para a saúde e combate ao coronavírus, só que o que é produzido no ambiente do debate político só o bom senso pode vencer. O presidente já deu exemplo de ceder e impor, no bom sentido. Que a gente faça uma quarentena técnica. Essa é uma crise que tem que ser analisada minuto a minuto. É difícil julgar instantaneamente embora seja uma crise que tem boletim minuto a minuto”, completou.

#EduardoGomes
#Coronavírus
#PronunciamentoJairBolsonaro

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]