Paçoca de carne de sol é a campeã na preferência em festival internacional, diz chef tocantinense

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 22/08/2017

Última atualização em 26/08/2019 10:41

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

“Não sobrou nada nem pra contar história.” A declaração é da chef de cozinha Ruth Almeida, que fala com muito orgulho sobre a sua participação e sobre o sucesso da paçoca de carne seca com banana da terra frita no programa Café com Chefs do Brasil, no Fórum TurisTIC, em Salvador (BA). Evento foi finalizado no último final de semana e reuniu cinco chefs brasileiros, um de cada região do país, para preparar quitutes característicos da gastronomia local. Proprietária do restaurante Raízes Gastronômicas em Palmas, Ruth foi escolhida como representante da região Norte do País.

WhatsApp Image 2017-08-22 at 11.45.15

Na ocasião, ela apresentou o delicioso bolo de cupuaçu, um açaí que será servido com beiju e uma das iguarias da cozinheira, a paçoca de carne seca com banana da terra frita. “Todos os pratos fizeram muito sucesso, mas a nossa paçoca de carne de sol foi a campeã no gosto dos participantes do festival.  Expliquei que aquele era um prato que tinha acabado de se tornar patrimônio cultural do Estado e muita gente ficou querendo conhecer um pouco mais da culinária tocantinense”, disse a chef.

d2399f2b976c83f733488ee18fc8aecf

No café da manhã, os chefs brasileiros prepararam quitutes característicos da gastronomia de cada local para que os participantes experimentem e continuem a sua viagem gastronômica pelo Brasil, podendo conhecer mais sobre a diversidade brasileira. “A gastronomia fala muito sobre a cultura de um povo e tem sido um forte elemento para fomentar roteiros turísticos em todo o mundo. Foi uma oportunidade maravilhosa, aprendi muito e estou de volta cheia de ideias e propostas para a nossa culinária no Tocantins”, disse a chef.  Além dela, participaram os chefs Kalymaracaya (Centro-Oeste), Rodrigo Bellora (Sul), Fred Trindade (Sudeste) e Anna Patrícia Maia (Nordeste).

 

Fórum

Trazido da Espanha e realizado pela segunda vez no país, o Fórum Turistic Brasil apresentou nesta edição grandes vantagens e estratégias para o turismo, principalmente quanto a gastronomia. De acordo com o Diretor da Barcelona Media Inovação Brasil, organizadora do TurisTic Brasil, Richard Alves, o fórum nasceu com a vocação de ser um pólo inspirador para inovação. “A grande diferença de um destino turístico é sua capacidade de criar e valorizar seus atributos, sustentado por um modelo de gestão profissional e responsável. Esse tipo de discussão e troca de experiências são fundamentais para o desenvolvimento da atividade no Brasil”, comentou. Esta será a segunda vez que o evento acontece no Brasil, que é realizado anualmente em Barcelona, na Espanha. Em sua primeira edição no Brasil, em 2016, o Fórum reuniu cerca de 300 atores do turismo nacional e internacional.

 

Perfil

Nascida em Porto Franco (MA) e criada na região do Bico do Papagaio no Tocantins, Ruth Almeida é filha de trabalhadores rurais analfabetos que comandaram uma família de nove irmãos. O pai era pescador e a mãe vendia os peixes ou os trocava em outros produtos para consumo familiar. Ainda adolescente, Ruth Almeida começou a cozinhar no fogão a lenha para fazendeiros da região com os produtos colhidos na própria roça. Para contribuir no sustento da família, ela virou também quebradeira de coco, mas nunca deixou de lado a paixão pela culinária.

 

No ano de 1991, Ruth Almeida decidiu mudou Palmas, onde montou um barraco de lona na região Sul da Capital e começou a trabalhar como doméstica, lavadeira, merendeira em escolas públicas da Capital, serviços gerais e por último como cozinheira em hotéis da Capital. Até que no ano passado, descobriu na internet inscrições para o programa “Cozinheiros em Ação”, do Canal GNT. Dentre milhares de inscrições, Ruth Almeida foi escolhida para participar do programa e garantiu a terceira colocação, com opções de pratos que valorizaram a culinária brasileira, nortista e da roça, definido pelo chef francês e apresentador do programa, Oliveir Anquier como uma “cozinha de amor”. Foi quando a chef de cozinha decidiu abrir o seu restaurante, Raízes Gastronômicas, que valoriza a cozinha regional, com produtos do pequeno produtor.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

Um comentário

Um comentário
  1. 25/08/2017

    Que orgulho! Que história linda. Um beijo Ruth!

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]