Páscoa este ano: Especialistas dão dicas para conquistar clientes e vender mais

Por Gazeta do Cerrado | 28/03/2021

Última atualização em 28/03/2021 09:01

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Ovos de Páscoa (Foto: Pexels)

Páscoa de 2021 está aí. Ainda que a piora na pandemia esteja causando restrições na abertura de negócios, neste ano, os empreendedores estão mais preparados para as vendas remotas do que em 2020. É possível vender mais na data festiva – ou mesmo mirar resultados melhores para o resto do ano.

Para o chef, confeiteiro e professor Lucas Corazza, o primeiro passo para quem quer empreender ou tem uma produção pequena é prestar um serviço transparente, com uma boa qualidade de higienização.

Para o chef, economizar durante o momento de crise econômica é importante. Entretanto, deixar de usar ingredientes que são cruciais na construção do seu ovo de páscoa pode impactar negativamente na qualidade e sabor.

“Não basta ter apenas as receitas e os equipamentos”, afirma. Olhar para o concorrente é importante. “Mande uma mensagem, descubra o preço, veja onde estão as falhas de quem está na briga pelo mercado. Se tiver oportunidade, compre o produto e faça uma comparação honesta. Dessa forma, é possível entender como não errar”, diz.

Renata Penido, sócia da Ambar Chocolates, tem mais de 13 anos de experiência com o manuseio da produção, ministra cursos e é influencer. Por meio do seu Instagram, ela oferece dicas para quem quer abrir um negócio ou tem uma pequena produção.

Uma recomendação da empreendedora é pesquisar antes a compra dos insumos e formar um estoque com pequenas quantidades. Um segundo passo é respeitar a identidade da sua marca. Por exemplo: se os clientes costumam comprar bombons ou barras de cookies, é interessante inserir o sabor no recheio ou na casca dos ovos.

É preciso, ainda, ser conservador na hora de inovar. Uma grande gama de sabores pode dificultar o fluxo de produção. “Se eu tenho que fazer 40 variedades de recheio, isso é improdutivo e diminui o meu lucro”, diz a chocolatier.

No ano passado, Penido criou o #PascoaAtéJunho, movimento que incentivava a compra de chocolates para além da data, e viralizou na internet. Por conta da pandemia, muitos pequenos chocolateiros foram pegos de surpresa e temiam ficar com estoques abarrotados depois de abril.

Segundo a empreendedora, em 2021 deve ser diferente. “O contexto é outro. Não houve surpresa, como na última vez. Os produtores tinham se planejado, comprado todos os insumos e veio a pandemia. Neste ano, não esperávamos a piora , mas as pessoas estão mais familiarizadas com o digital e o delivery”, afirma Penido.

Já o presidente do comitê de trade marketing da Associação de Marketing Promocional (AMPRO) e CEO da Smollan iTrade, empresa de soluções para o varejo que atua em mais de 50 países, Stenio Souza, em meio à crise, é importante analisar o giro do caixa diariamente, ter um bom entendimento do perfil do cliente e o que ele busca, assim como trabalhar a visibilidade da marca e provocar ações efetivas em determinados produtos que possam garantir a venda.

“É bacana olhar para o seu mix de ovos de páscoa e avaliar qual produto tem maior procura. Com esse cenário de incerteza, é difícil criar muitas variantes. Opções reduzidas facilitam a experiência do consumidor”, diz Souza.

“Considerar que o chocolate é sensível e que a entrega é decisiva para a experiência final do freguês é fundamental para planejar a produção e a logística.”

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

Direção

Editora-Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor-Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Subeditor: Lucas Eurílio

Jornalista: Brener Nunes

Jornalista: Maju Jacob

Redatora: Luciane Santana

Coordenador de Produção: Jota Pereira

Produtor Audiovisual: Luiz Menezes

Social Mídia: Hemilly Souza

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 985-211-001
[email protected]

Institucional ou Administrativo (63) 981-159-796
[email protected]