No Banner to display

Polícia prende homem suspeito de matar vítima com facadas e pedradas na cabeça

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 17/09/2019

Última atualização em 17/09/2019 17:19

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Xambioá, cumpriu no final da tarde da última segunda-feira (16), naquela cidade, mandado de prisão expedido pelo Juiz da Comarca em desfavor de um indivíduo de iniciais M.S., 20 anos de idade. Ele é suspeito pelos crimes de homicídio qualificado e corrupção e menor, fato ocorrido em razão de uma discussão da vítima com os autores após saírem de uma festa em um bar da cidade, no dia 8 do corrente mês.

Segundo o delegado José Antônio da Silva Gomes, responsável pelo caso, por volta das 2h horas do referido dia, em frente a uma Escola Municipal, no Bairro Otacílio Cardoso em Xambioá, o autor, na companhia de outros dois adolescentes, atacou e matou a vítima a golpes de faca e pedradas na cabeça.

Ainda segundo o delegado, o laudo necroscópico descreve a gravidade dos ferimentos sofridos pela vítima F. L. C, de 34 anos e a crueldade empregada pelos algozes, conforme mostram imagens feitas por pessoas que chegaram logo após o ocorrido.

Parentes da vítima estavam entre os curiosos quando do encontro da mesma que ainda estava viva, e teriam confirmado o nome de um dos autores, cujas informações foram agregadas a outros elementos, provando a autoria do crime. M.S chegou a ser detido por militares naquela madrugada, porém foi liberado após negar o crime.

O Delegado José Antônio da Silva Gomes, que preside o inquérito, informa que as investigações se iniciaram ainda no domingo, para instrução das provas; e está em fase conclusiva, faltando ainda o resultado de alguns laudos periciais. O motivo do homicídio teria sido uma discussão entre os autores e vítima motivada, supostamente, por uso de droga.

M. S. responde a vários procedimentos policiais desde a adolescência, e é envolvido em crimes de natureza patrimonial, brigas em festas, lesões corporais, tendo sido preso no final do mês de Agosto/2019 por receptação, mas já estava em liberdade. Após o cumprimento do mandado de prisão, o investigado foi encaminhado à Cadeia Pública de Xambioá, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Os policiais Civis da DP de Xambioá efetuaram um trabalho rápido e preciso, respondendo à altura o clamor social decorrente da barbárie, e reclamado pelos familiares da vítima. “Não podemos aceitar a impunidade e temos o compromisso de dar as respostas dentro da legalidade e na mesma proporção das agressões sofridas pela vítima”, ressalta o delegado José Antônio.

A Polícia Civil do Tocantins reitera seu compromisso com a sociedade tocantinense e não tem medido esforços para que os investigados recebam do Poder Judiciário as sanções previstas na Lei.

fonte: SSP

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]