Primeira noite de Festival em Dianópolis lota e surpreende com receitas inéditas como pudim de pequi

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 30/11/2019

Última atualização em 30/11/2019 12:08

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Sucesso! É a palavra que define o I Festival Gastronômico e Cultural de Dianópolis, que atraiu multidão para o circuito montado na Praça da Capelinha. O evento que é realizado pela Prefeitura de Dianópolis em parceria com Sebrae e Governo do Tocantins, movimentou a Terra das Dianas nesta sexta-feira.

Com cozinha show interativa com os Chefs, Ruth Almeida, Mônica Rangel e Roberto Neves, o público comemorou a primeira noite do evento, que teve aprovação maciça dos dianopolinos, visitantes. “A prefeitura está de parabéns. Uma excelente estrutura com organização impecável. Dianópolis merece um evento desta magnitude”, destacou a gerente da Caixa Econômica Federal de Dianópolis, Haline Póvoa, que visitava o Festival, acompanhada da família.

O evento teve abertura com apresentação dos universitários da Universidade da Maturidade (UMA), com coral trazendo canções regionais. Em seguida, o público se deliciou com os pratos preparados pelos Chefs na Cozinha Show.

Festival Gastronômico e Cultural de Dianópolis – Divulgação Ascom Dianópolis

Com tema voltado para a gastronomia quilombola, o Festival apresentou a história de Dona Camila, matriarca da Comunidade do Lajeado, na região do Descoberto, que faleceu nas vésperas do evento. Inspirada na história de Dona Camila, na culinária quilombola, a Chef Ruth Almeida, criou o prato “Rubacão do Descoberto”, em homenagem à história e o legado da matriarca, que partiu aos 81 anos, deixando sua marca de força e resistência para o povo sertanejo, para o povo dianopolino.

No circuito, o público pode conferir cinco espaços: gourmet, cozinha show, praça de alimentação com apresentação e comercialização dos 10 pratos que concorrem ao melhor prato do Festival, stand institucional Prefeitura e Sebrae e palco principal, onde acontece as apresentações cultural e shows.

Festival Gastronômico e Cultural de Dianópolis – Divulgação Ascom Dianópolis

Acompanhado da Deputada Estadual, Luana Ribeiro, o prefeito Padre Gleibson Moreira, falou sobre a abertura do evento. “Um evento que chegou para ficar. Dianópolis merece elevar seu nome em um momento onde somos protagonistas do turismo com as Serras Gerais. Estamos de portas e braços abertos para receber o mundo em nossa cidade. O Festival chega com esse propósito de unir o turismo e a cultura em um espaço que movimento a economia da nossa cidade”, destacou o prefeito, agradecendo as parcerias do evento.

Na avaliação da Deputada Luana Ribeiro, o I Festival Gastronômico e Cultural de Dianópolis, já tem identidade para fazer parte do calendário cultural do estado. “Parabéns prefeito Padre Gleibson, por inovar e acreditar na potencialidade desta cidade que é berço cultural e turístico do nosso estado. Esse Festival mostra a força do Sudeste, do povo dianopolino”, enfatizou.

Representando a gerente regional do Sebrae, Fabíola Wolney, o analista técnico, César Augusto, pontuou a importância do Festival para o desenvolvimento da região. “Dianópolis é referência no Sudeste. E o Festival chegou para mostrar a potencialidade empreendedora da cidade, da região”, frisou.

E por falar em empreendedorismo, a primeira noite do Festival movimentou os stands dos pratos que concorrem ao prêmio. Sucesso absoluto, a dianopolina Glenda Oliveira, que concorre com o “brigadeiro de caju”, comemorou o resultado da primeira noite. “Fiz mais de 800 brigadeiros, que foram vendidos em menos de três horas. Não imagina que seria tão positivo assim. Preciso dobrar a produção para a segunda noite. O Festival está sendo um sucesso absoluto”, avaliou.

Entre os demais pratos, destaque também para o hambúrguer de costela, que vendeu cerca de 500 unidades. Outro sucesso foi o pastel de pequi, que contabilizou mais de 1 mil pasteis comercializados. “Esse Festival de Dianópolis chegou para ficar. Parabéns população, parabéns prefeitura por acreditar na gastronomia como elo entre o turismo e a cultura das Serras Gerais. E hoje teremos muito mais”, finalizou a consultora do evento, Francielle Iseck.

Show

Na primeira noite o público dançou ao som do Forró Pedra de Fogo, que trouxe para a Terra das Dianas, o compasso gostoso da sanfona, com forró pé de serra. Neste sábado, o evento abriu suas portas às 9h30 com oficina gastronômica. Logo mais às 19h acontece a abertura oficial do evento, com presença de autoridades, apresentação de sussia, homenagens à Dona Camila, Cozinha Show e show com o grupo AmazonCanToria. O evento conta com apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Bombeiros Civil e segurança especializada.

Confira os pratos concorrentes

Pudim de babaçu – Divulgação Ascom Dianópolis
brigadeiro de caju – Divulgação Ascom Dianópolis
Pudim de Pequi – Divulgação Ascom Dianópolis
Pastel de pequi – Divulgação Ascom Dianópolis
hamburguer de costela – Divulgação Ascom Dianópolis
Hamburguer sertanejo – Divulgação Ascom Dianópolis
Risoto de carne seca com pequi – Divulgação Ascom Dianópolis
Sorvete de mangaba – Divulgação Ascom Dianópolis
Escrocante de carne seca – Divulgação Ascom Dianópolis
Rubacão do quilombo – Divulgação Ascom Dianópolis
Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]