Produtores fazem manifestação em Porto Nacional contra interdição da ponte

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 08/02/2019

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Alguns moradores da comunidade, Nova Pinheirópolis, em Porto Nacional, região central do Tocantins, realizaram uma manifestação nesta sexta-feira, 8. Eles reclamam que após a interdição da ponte sob o rio Tocantins, que dá acesso à TO-225, produtores estão sendo prejudicados.

A ponte foi totalmente interditada nesta quinta-feira, 7, pelo Governo do Estado, por conta de problemas na superestrutura, isso faz com que os produtores rurais que comercializam tenham que pegar um desvio de quase 200 km para vender suas mercadorias nos municípios proximos.

Segundo pessoas que estão no local, a manifestação vai acontecer até que alguma autoridade apareça para conversar com os manifestantes.

Entenda o caso

Ponte foi interditada pelo Governo do Estado – Divulgação


Na última quinta-feira, 7, foi totalmente interditada a ponte de Porto Nacional. De acordo com o Governo Estadual, a medida foi tomada por precaução, já que ela está com problemas estruturais.  A interdição total começou por volta das 18h.

Só será permitida a travessia de pedestres, ciclistas e motociclistas. A Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) informou que esta é a atitude mais sensata a ser tomada no momento.

Os fiscais usaram cones para impedir a passagem dos veículos. Nos primeiros minutos um motorista desobedeceu a ordem de parada, ignorou a sinalização e seguiu viagem pela ponte. Depois disso a equipe estacionou um trator e uma caminhonete no meio da rodovia.

A Polícia Militar (PM) fez a segurança no local.

Uma fila de carros começou a se formar nos dois sentidos da ponte e vários motoristas tentam negociar a travessia. O bloqueio é por tempo indeterminado.

Rota alternativa

A opção para quem precisa passar de uma margem a outra do rio é fazer a travessia em Palmas, pela ponte Fernando Henrique Cardoso. O desvio é de aproximadamente 170 km.

Para quem usa a TO-255 para chegar a Palmas ou necessita ter acesso ao trecho da TO-255, que liga Porto Nacional a BR-153, a alternativa é utilizar a rota que engloba as TO’s -454/455/080, que liga os Distritos Escola Brasil e Luzimangues, e realizar a travessia pela Ponte Fernando Henrique Cardoso.

Desvio com a interdição da ponte é de aproximadamente 170 km — Foto: Reprodução/Google Maps

*Com informações do G1 Tocantins

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Instagram: https://www.instagram.com/gazetadocerrado/
Twitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
Facebook: https://www.facebook.com/gazetadocerrado.com.br  
YouTube vídeo reportagens e transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
Grupo do WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/DdY063ahwDvH7s5ufstyPE
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]