No Banner to display

Profissionais reclamam de falta de EPIs; 280 já testaram positivo em 10 hospitais

Por: Maju Cotrim | 23/06/2020

Última atualização em 23/06/2020 07:30

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Araguaína foi cidade com mais profissionais da Saúde infectados

Equipe Gazeta do Cerrado

Na linha de frente da Covid no Tocantins nos hospitais públicos estaria faltando Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, Manoel Pereira. Ele postou vídeo nas redes sociais onde diz que a reclamação tem sido grande.

“A reclamação está grande”, disse.

Pereira foi às redes sociais onde postou vídeo dizendo que a reclamação continua por parte de alguns profissionais.

O governo sempre tem dito desde o início da pandemia que nunca faltou EPIS em nenhuma unidade.

“Nossos profissionais tem que ter a segurança garantida para prestar o serviço á nossa população”, defendeu.

Segundo o presidente do Sindicato, o secretário estadual de saúde, Edgar Tollini e o governador Mauro Carlesse devem dar segurança aos profissionais neste momento difícil com a pandemia.

Desde o início de pandemia por várias vezes o sindicato apontou falta de EPIs em algumas unidades porém o secretário sempre garantiu que joga estoque e distribuição suficiente. O Sindicato se reuniu no início do mês com Tollini para tratar das demandas da categoria.

Estoque

No relatório até dia 18 de junho o Estado explicou que a Superintendência de Aquisição Estratégica e Logística é a responsável pela aquisição, armazenamento e distribuição. Considerando que a pandemia da COVID-19 estabeleceu uma situação de extrema anormalidade, e com o aumento dos casos no Estado, exige-se para além do necessário o provimento de insumos nas unidades hospitalares. (Veja abaixo tabela mais recente divulgada pela Sesau do estoque de EPIs)

A Gazeta pediu nova posição da Sesau e o espaço está aberto para explicações da pasta.

Profissionais infectados

Conforme os dados do último relatório geral da secretaria estadual de saúde, foram detectados 280 casos confirmados de trabalhadores de estabelecimentos de saúde sob gestão da SES/TO, considerando os 7.956 casos confirmados até 18/06/2020, esses trabalhadores representam 3,51% do total de confirmados.

O percentual de acometimento da COVID-19 entre os trabalhadores de saúde da SES é de 2,88%, número muito reduzido se comparado com os dados nacionais, cujo percentual é de 15,9%, segundo informado no Boletim Epidemiológico Especial MS nº 16 de 18/05/2020.

Ranking por hospital

Conforme os dados até o dia 18, o Hospital Regional de Araguaína teve o maior número de servidores infectados sendo 121, O Regional de Paraíso e o HGP com 36 cada e Augustinópolis com 28. Em seguida vem a maternidade Dona Regina com 16 e  o Regional de Xambioá com 11. O Hospital Infantil de Palmas teve pelo menos oito casos,a  secretaria de saúde sete e o de Guaraí cinco.

A pasta tem cerca de 543 servidores afastados em razão dos perigos da doença.

Veja a lista do estoque de EPIs até o dia 18 de junho deste ano, segundo relatório da secretaria:

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]