Programa Jovens Embaixadores leva estudantes maranhenses em intercâmbio aos EUA

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 07/01/2019

Última atualização em 26/08/2019 10:40

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

O que parecia ser um sonho distante, o de conhecer uma nova cultura e adquirir aprendizado na área de liderança, empreendedorismo e voluntariado em um outro país, agora é a realidade dos jovens estudantes Amanda Costa Barros, 17 anos, que mora no município de Chapadinha, e Arthur Silas Melo, 17 anos, de Imperatriz. Os dois fazem parte do Programa Jovens Embaixadores 2019 e embarcam, nesta terça-feira (8), para os Estado Unidos.

“A expectativa é muito grande, porque além de conhecer uma nova cultura eu irei conhecer a minha própria cultura já que serão 50 representantes de todo o Brasil”, afirmou Amanda Costa Barros.

O Programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos, em parceria com os setores público e privado dos dois países. Proporciona uma viagem de três semanas, aos Estados Unidos, a estudantes brasileiros da rede pública, de 15 a 18 anos, com excelente desempenho escolar, que falem inglês, pertençam à camada socioeconômica menos favorecida, têm perfil de liderança, prestam serviço voluntário e sejam exemplo em suas comunidades.

Desde 2016, dois estudantes do Maranhão têm sido selecionados para o Programa, a cada ano. Em 2019, Amanda Barros, estudante da 3ª série do Ensino Médio, do Centro de Ensino Paulo Ramos, de Chapadinha, e Arthur Silas Melo, também estudante da 3ª série do Instituto Federal do Maranhão – Campus Imperatriz, participarão do intercâmbio cultural.

“Em novembro veio a confirmação da minha aprovação e isso, para mim, foi excepcional. Minha expectativa é fazer uma imersão na língua e ter a oportunidade de crescer como ser humano, me tornar mais empático, tolerante, respeitoso, consciente do meu papel como cidadão e fazer o mundo melhor a cada dia. Espero aprender bastante e inspirar pessoas a fazer o mesmo”, ressaltou Arthur Silas Melo.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, ressalta que esse é mais um projeto que conta com o apoio do Governo do Maranhão, no qual os jovens estudantes da rede pública têm a oportunidade de ir para fora do Brasil, vivenciarem uma verdadeira imersão cultural, também desenvolvem projetos de voluntariado, e quando retornam podem desenvolver essa experiência, conversar com outros jovens da rede pública estadual, municipal e federal.

Os jovens maranhenses ficarão em Brasília até o dia 11 de janeiro, quando embarcarão para Washington (DC), capital dos Estados Unidos, onde ficam durante a primeira semana de intercâmbio para conhecer os principais pontos turísticos e organizações dos setores público, privado e do terceiro setor. Depois, serão divididos em grupos menores e seguem viagem para estados diferentes. Lá, são hospedados por uma família americana, assistem a aulas e participam de atividades ligadas à responsabilidade social e empreendedorismo.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, ressalta que esse é mais um projeto que conta com o apoio do Governo do Maranhão, no qual os jovens estudantes da rede pública têm a oportunidade de ir para fora do Brasil, vivenciarem uma verdadeira imersão cultural, também desenvolvem projetos de voluntariado, e quando retornam podem desenvolver essa experiência, conversar com outros jovens da rede pública estadual, municipal e federal.

 

“O Governo do Maranhão tem o papel principal de garantir aos jovens maranhenses, estudantes oriundos da rede pública, novas oportunidades. Nós do governo Flávio Dino desejamos a esses jovens muito sucesso”, declarou o Felipe Camarão.

“O Programa Jovens Embaixadores será uma forma de descobrir quem realmente somos ao longo do processo, espero que eu amplie os meus horizontes sobre mim mesma e a minha capacidade, eu quero continuar crescendo ao longo desse processo. Eu estou cheia de expectativa. Meus dois voluntariados são relacionados a educação, pois tenho certeza, que se não for por ela, não há transformação no mundo”, afirmou Amanda Barros.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]