Saúde mental: os benefícios de manter um diário

Por Gazeta do Cerrado | 25/09/2020

Última atualização em 25/09/2020 17:10

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não são apenas crianças e adolescentes que podem ter um diário. Isso porque essa simples ferramenta pode trazer diversos benefícios para a mente. De acordo com a psicóloga Myriam Albers, da Clínica maia, conforme nos tornamos adultos e as responsabilidades aumentam, colocamos nossos sentimentos em segundo plano. Afinal, há diversas tarefas a serem feitas durante o dia, e dedicar um tempo a elas parece ser mais efetivo.

Contudo, manter um diário é uma ótima maneira de registrar os sentimentos e emoções, transformando-os em algo concreto com o uso de palavras, desenhos e outras expressões artísticas. Assim, quando escrevemos se torna mais fácil o processo de entendimento das emoções.

Ao reler o diário, é possível entender que as emoções que foram escritas fazem parte do passado, o que ajuda a gerenciar esses sentimentos e como reagir a eles no futuro.

Pandemia 

A pandemia por conta do COVID-19 trouxe várias mudanças para nossas vidas. Uma delas foi a nossa rotina, que sofreu grande transformação. “Com a diminuição dos estímulos e situações com as quais estávamos acostumados ao lidar com o mundo diariamente, nossos sentimentos, medos e aflições em relação ao futuro tomaram mais espaço do que tomavam antes. O que pode ter um impacto muito grande na saúde mental da maioria das pessoas” explica a psicóloga.

Portanto, durante esse momento é fundamental encontrar alguma ferramenta que lhe ajude a lidar com suas emoções, como escrever num diário.

Diário para quem pratica exercícios ou faz dieta

O diário não é útil apenas como uma forma de expressar seus sentimentos. Desse modo, é ser uma ótima ferramenta para quem se exercita e faz dieta, para registrar o progresso e servir de motivação. Segundo pesquisas, escrever uma tarefa à mão, por exemplo, aumenta as chances de você realmente realizá-la. Além disso, esse objeto também pode ser bom para registrar os efeitos físicos e emocionais que as frustrações podem causar.

O diário alimentar, por exemplo, é uma excelente ferramenta para identificar os hábitos alimentares e, assim, perceber o que pode ser melhorado ou que deve ser mantido para que se tenha uma dieta mais saudável.

Como começar 

Se você leu até aqui e se interessou em ter um diário, mas não sabe como, comece escolhendo o que te gera mais conforto.

“Se for um diário físico, escolha um caderno, uma caneta, ou lápis que te deixe confortável e seja convidativo. Mas, se você optar por um diário digital, escolha um software que seja confiável e atenda às suas necessidades. Também é importante escolher um tema, seja ele sobre como foi seu dia, descrever um evento que tanto esperava, uma situação nova ou que gerou dificuldade.” conclui a especialista Myriam Albers, psicóloga da Clínica Maia

Fonte: Cuidai

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]