Pref Palmas 16/10/20

Sem casa e emprego, homens viram inquilinos do Parque dos Povos Indígenas em busca de ajuda e dignidade

Por Gazeta do Cerrado | 16/10/2020

Última atualização em 16/10/2020 10:09

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Homem dormindo em banco do Parque dos Povos Indígenas – Foto: Marco Jacob/Gazeta do Cerrado

Maju Cotrim e Marco Jacob – Gazeta do Cerrado

Homens e os trabalhadores que estão a meses a procura de emprego, dignidade e uma nova perspectiva de vida.

Um grupo de homens passou a morar no Parque dos povos indígenas um dos principais pontos turísticos de Palmas. Outro grupo passou a morar também na Praia da Graciosa.

Conversando com a equipe da Gazeta do Cerrado e com o diretor-executivo Marco Jacob na manhã desta sexta-feira, 16, o grupo conta que já foram várias vezes ao Sine e um deles inclusive chegou a morar lá.

Eles viram da Bahia, Maranhão e Goiás á procura de emprego. Dormem nos bancos da praça, montaram um fogão e até um varal de roupas no Parque.

Eles passam despercebidos pela Maioria dos moradores que andam no local.

Um deles está com a esposa grávida de 17 anos e conta que com o auxílio emergencial deixou de morar no Parque e conseguiu alugar uma kitnet porém sem perspectivas de emprego. “Alugamos um barraco mas não temos móveis”, disse Joab à Gazeta.

Joab e a esposa grávida – Foto: Marco Jacob

Na praça, os moradores que estão na rua contam que com a pandemia a possibilidade de busca por melhorias piorou. Eles comem graças a doações e precisam também de kits de higiene e roupas.

Outro morador, Reginaldo conta que trabalhava como motorista e chacareiro e que busca oportunidade na área.

Reginaldo – Foto: Marco Jacob

Francisco Araujo também Procura emprego, ele é Armador profissional e chacareiro.

Armador profissional e chacareiro, Francisco Araujo – Foto: Marco Jacob

O jovem Christofer Hashimoto, por sua vez, conta que quer trabalhar com reciclagem e meio ambiente.

Rusivelton Gomes disse querer uma bike cargueira para continuar reciclando.

Rusivelton Gomes – Foto: Marco Jacob

Como ajudar

Quem quiser doar pode entregar no Parque roupas, alimentação e kits de higiene bem como enxoval de bebê.

A Gazeta acionou as secretarias de assistência social do Estado e do município sobre os casos.

Parque dos Povos Indígenas – Foto: Marco Jacob/Gazeta do Cerrado

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
majucotrim@gazetadocerrado.com.br

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
marcojacob@gazetadocerrado.com.br

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
portal@gazetadocerrado.com.br

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
comercial@gazetadocerrado.com.br

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
marcojacob@gazetadocerrado.com.br