Senadora tocantinense gera polêmica negativa nacional ao comparar rinha de galo a MMA; Entidades repudiam

Por Gazeta do Cerrado | 22/02/2021

Última atualização em 22/02/2021 13:36

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Senadora Kátia Abreu casou polêmica no Twitter – Reprodução

Equipe Gazeta do Cerrado

A senadora pelo Tocantins,  Kátia Abreu virou um dos assuntos mais comentados do Twitter após comparar rinha de galo a lutas MMA.

No post, Kátia diz que “tem perguntas sem respostas”, se referindo a liberação do esporte e a proibição das ‘brigas’ nos galinheiros.

O assunto repercute nacionalmente  e de forma negativa com vários comentários. A atitude da senadora gerou até repúdio de entidades palmenses protetoras dos animais.

Felipe Neto comenta

O empresário e digital influencer, Felipe Neto repudiou a atitude da senadora. Sim, senadora, pois no caso do MMA, os seres humanos ESCOLHEM lutar. Apaga isso, pelo amor de Deus, que constrangedor…”, disse Felipe no Twiiter.

 

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]