Turistando Gazeta: Atrativos de Miracema tornam-se fonte de renda e conquistam turistas

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 02/08/2019

Última atualização em 02/08/2019 19:08

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Cinco anos antes da criação do Estado do Tocantins (1988), Miracema se tornaria nacionalmente conhecida com o hit da banda Blitz, ‘A dois passos do paraíso’ (Evandro Mesquita / Ricardo Barreto). Na pacata Miracema do Norte (de Goiás) morava o caminhoneiro Arlindo Orlando, que abandonou sua noiva. A esta altura, Carlos Gomes era proprietário de um restaurante na cidade e um dos primeiros a montar barraca para comércio de bebidas e alimentos na praia Mirassol, durante a temporada de julho.

Com o tempo, o município ganhou o nome de Miracema do Tocantins, foi capital provisória do Estado por um ano, viu as costumeiras enchentes do rio Tocantins reduzirem graças a construção da Usina Hidrelétrica Luís Eduardo Magalhães. Ainda pelo efeito do represamento das águas, a região presenciou o surgimento de praias e ilhas. Carlos Gomes conseguiu a outorga para uso de uma delas, batizada como Ilha do Carlinhos, com cerca de 12.700 metros quadrados, que nos últimos três anos vem sendo explorada turisticamente por ele e sua família.

Carlinhos construiu cada um dos nove chalés, assim como o restaurante, banheiros, jardim. A reutilização de materiais, como pneus e até bicos de bombas de gasolina chama a atenção de quem vai passar o dia ou acampar, incluindo moradores de outros estados, médicos, empresários. “Estamos lotados nos finais de semana até o final de agosto”, orgulha-se, contando que em breve o gerador será trocado pela rede elétrica, e com isso serão construídos mais quatro chalés, todos com refrigeração e banheiro individual. “Vou comprar um barco maior para atender os visitantes”, completa, lembrando que o melhor período para pesca são os meses de maio e junho.

 

Ilha do Carlinhos – Carlinhos conta que construiu todos os chalés e restaurante foto: Juliana Carneiro

Ilha do Carlinhos foto: Juliana Carneiro

Carlinhos é um dos empreendedores de Miracema que resolveram apostar no turismo nos últimos anos. Os Lucena são outra família bem conhecida na região. Próximo ao balneário que leva o mesmo nome fica localizada a Praia do Paredão. Fernando Lucena conta que após 12 anos atuando como gerente de uma loja de produtos agropecuários na cidade viu a possibilidade de se tornar um empreendedor do turismo, que emprega 13 pessoas, na maioria familiares, durante a temporada.

Fernando deixou emprego na cidade para investir em turismo
foto:Juliana Carneiro

A praia de rara beleza também surgiu após a construção da hidrelétrica. “É natural, obra de Deus”, diz revelando que seu formato e extensão de areia muda a cada ano, conforme as chuvas. Este ano deu praia em abril, e a faixa de areia deve ficar visível até dezembro, esculpida pelo paredão. O acesso, que antes só era possível de barco, foi facilitado por escadas e rampas de madeira, além de uma tilolesa para descer e subir equipamentos. Na entrada da propriedade, 150 metros acima da praia, fica o restaurante e quatro chalés, além de área de camping. Mirantes favorecem o registro fotográfico de toda essa beleza.

Não há arrependimentos sobre a mudança de vida. Nesta temporada, o Paredão tem recebido de 150 a 200 pessoas por fim de semana, incluindo turistas do Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e até França.

Paredão é uma das mais belas praias da região
foto:Juliana Carneiro

Funil

O aumento de empreendimentos voltados para o turismo é recente em Miracema, e segue uma tendência nacional. Mas vale ressaltar que o interesse é dos próprios miracemenses, incluindo aqueles que tiveram oportunidade de conhecer projetos turísticos de outros estados e consideraram viável o investimento.

É o caso da Praia do Funil, que antes era acessível somente pelo rio, mas desde o ano passado ganhou um projeto turístico bem definido, com estacionamento privado, restaurante, pousada com bar, loja de artesanato e brindes, tirolesa, barracas, palco para shows durante a temporada. Até o momento, já foram investidos mais de R$ 500 mil na estrutura, preparada para funcionar o ano inteiro. Em compensação, a média de visitantes por final de semana em julho foi de 3 mil pessoas, chegando a 6 mil nos dias de shows.

Praia do Funil tem recebido grande número de veranistas nos finais de semana
foto:Seleucia Fontes

“Estamos muito satisfeitos”, comemora Diego Cássio Carvalho Silva, administrador do empreendimento, cuja área foi arrendada de seu proprietário. O diferencial são os quartos da pousada, montados em contêineres transformados em suítes de casal com capacidade para receber mais duas pessoas. “Atualmente temos 12 contêineres e para a próxima temporada teremos no mínimo 30”, prevê.

Pousada do Funil oferece conforto e criatividade foto: Seleucia Fontes

O presidente da Associação dos Barraqueiros do Funil, Gleison Vieira Santana, confirma o desenvolvimento da praia nos últimos anos. “Antes, o acesso era somente pelo rio, tínhamos que trazer tudo nos barcos”, conta, revelando que nesta temporada atuaram 46 associados, com barracas fixas, e tendas para aluguel dos veranistas, distribuídas ao longo dos 480 metros de extensão da praia. “A temporada vai até o final de agosto e estamos com projetos para atrair os turistas o ano todo”, comemora.

Na cidade, a opção é a praia Mirassol, que este ano está com uma faixa maior de areia e recebeu boa estrutura para receber os veranistas durante a temporada, com barracas de alimentação, palco para shows, arena esportiva e outras atividades.

Praia Mirassol recebeu estrutura para a temporada de julho foto:Ronys Rocha

 

Na cidade

Segundo o prefeito Saulo Milhomem, o turismo tem sido tratado como vetor de desenvolvimento do município, com oferta direta e indireta de produtos e serviços. Graças a eventos como o Miracaxi, micareta que ocorreu entre os dias 19 e 21 de julho, como parte da programação da temporada de praia, a cidade tem passado por uma grande transformação. “Estamos desenvolvendo projetos para atrair turistas todos os meses do ano”, revela, citando a Vaquejada e o Campeonato de Motocross, que estão inseridos nas comemorações de aniversário de Miracema, em 25 de agosto, e o Festival Gastronômico, em outubro.

Hoje, fora os atrativos ao longo do rio Tocantins, a cidade conta com 15 restaurantes, nove lanchonetes e 11 hoteis e pousadas, que oferecem 320 leitos, sem contar áreas de camping e aluguel de casas. O aumento da demanda tem estimulado investimentos por parte dos empresários.

É o caso do hoteleiro Stephençon Nunes Bonfim, que há seis anos instalou seu hotel (Econômico) na saída para Miranorte. Segundo ele, após a exibição de cenas das praias locais em uma novela e a ação de divulgação da prefeitura atraíram um número maior de turistas. “Agora precisamos de mais divulgação fora da temporada”, afirma ele, informando que já começou uma reforma em seu estabelecimento para oferecer maior conforto aos visitantes.

Outras dicas

Como chegar: Azul, Gol, Latam e Passaredo oferecem voos diários para a Capital, Palmas. Da Capital até Miracema, são 90 km por via terrestre.

Ilha do Carlinhos: TO-010, a 18km da cidade, com travessia em barco e atendimento o ano todo. Oferece praia/pesca, restaurante, chalés, área de camping. (63-98454-0041)

Praia do Paredão: TO-010, a 15km da cidade, com atendimento o ano todo. Oferece praia, mirante, restaurante e chalés. (63-98421-9680)

Praia do Funil: TO-010, a 12 km da cidade, com atendimento o ano todo. Oferece praia, passeios de barco, tirolesa, pousada, restaurante, barracas, área de camping. (63-98467-5755 / 98402-5821)

Praia Mirassol – Localizada no Ponto de Apoio, ao final da Avenida Tocantins, em Miracema. Com estrutura montada pela prefeitura durante a temporada.

Texto: Jornalista Seleucia Fontes/ Especial para a Gazeta do Cerrado

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

Um comentário

Um comentário
  1. José Oliveira Martins Responder
    03/08/2019

    Já a cidade está as moscas. As ruas dão a impressão de ser mais uma “cratera lunar” tantos são os buracos que existem as centenas. Numa cidade onde residem mais de 14 mil pessoas é um absurdo. Isto sem contar as outras mazelas que assolam o Município. Nossa Miracema não merece tamanho descalabro. uma vergonha

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]