Vem aí Temporada de Praia: Veja alguns cuidados que podem garantir mais segurança

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 27/06/2019

Última atualização em 27/06/2019 18:46

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Rede Elétrica

Está começando a temporada de praia no Tocantins e os cuidados com a rede de energia elétrica devem ser redobrados. Neste período, famílias em todo o estado e região montam acampamentos às margens dos rios e em alguns municípios são organizadas infraestruturas públicas ou particulares para receber turistas. Diante desse cenário, as ligações de energia devem estar seguras para evitar acidentes e até fatalidades.

Ligações improvisadas e irregulares, gambiarras e fios soltos são algumas das situações perigosas que podem trazer riscos para crianças e adultos que circulam pelas praias. Delmindo Antônio Mendes, coordenador de Saúde e Segurança do Trabalho, orienta que, ao montar acampamento, o responsável verifique se as instalações elétricas estão seguras, se não há emendas mal feitas ou cabos expostos e sobrecarga em tomadas ou fios soltos pelo chão. “Esses cuidados trarão mais tranquilidade para as férias, pois garantem a segurança de quem está no local, principalmente as crianças, por se tratar de um período de férias escolares”, destaca.

Alguns desses perigos podem ser evitados com a Ligação Provisória, serviço feito pela Energisa para evitar riscos para a população quando o uso da energia elétrica tiver tempo determinado, podendo durar até 90 dias. “Isso vale para todos os clientes que precisarem de energia por um tempo determinado em um local onde não há ligação, seja acampamento familiar, praias públicas ou em áreas privadas. Não vale a pena colocarmos nossas famílias em risco. Além de cuidar para que as instalações sejam realizadas de acordo com a normas de segurança, é preciso ficar atento com as instalações, evitar cabos soltos, uso de extensões e emendas precárias”, afirma Delmindo.

O coordenador orienta ainda que caso se depare com fios soltos ligados à rede de energia, o cliente deve manter distância e fazer contato imediato com a empresa. “Outra dica importante é com relação à bomba d’água. Em muitos acampamentos as pessoas usam bombas para puxar água do rio, o que é um risco, pois a água é condutora e qualquer vazamento de energia pode causar um acidente fatal, como já vimos acontecer no Tocantins algumas vezes”.

Atendimento

Os interessados em montar estruturas para a temporada de praias devem fazer o pedido de Ligação Provisória com antecedência. “Em alguns casos é preciso adequar a rede elétrica ou fazer alguma obra, enfim, o projeto depende das características do local onde a energia vai ser usada”, explica Roger Pereira, coordenador de Relacionamento com o Cliente.

Para solicitar a Ligação Provisória o cliente deve procurar uma agência de atendimento da Energisa, apresentar os documentos pessoais (RG e CPF ou Razão Social e CNPJ), informar quais equipamentos serão utilizados no local e a potência deles (declaração de carga), endereço completo do local, categoria de atendimento, período de ligação e a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), que deve ser assinada por um profissional credenciado pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA). Para a ligação em local público, o cliente precisa de autorização da prefeitura, que vai solicitar via ofício a ligação em uma agência de atendimento mais próxima ou pelo e-mail[email protected].

 

Alguns cuidados podem garantir mais segurança, então se liga nas dicas:

  • Estruturas de arquibancadas, palcos e barracas devem ser montados longe da rede de energia elétrica
  • Ao manusear vergalhões de ferro, arames, escadas, réguas de alumínio e outros materiais metálicos, fique atento à rede elétrica, pois o contato desses materiais com os cabos podem provocar graves acidentes
  • Nunca faça ligações clandestinas para fornecer energia para a infraestrutura da praia
  • As instalações de sons, freezers e barracas devem ser realizadas por um profissional habilitado. Não deixe cabos soltos no chão e mantenha-os enterrados ou aéreos, sempre protegidos por eletrodutos. As pessoas podem tropeçar e cair ou o cabo pode danificar a isolação e comprometer a segurança de quem circula pelo local
  • Objetos e fogos de artifícios lançados contra a rede de energia podem causar curto circuito, falta de energia e até acidentes graves, por isso evite lançar adereços e estourar fogos em direção à rede elétrica
  • Subir em postes, marquises e árvores que estejam próximos à rede elétrica é perigoso e pode causar acidentes fatais
  • Evite que balões (blimps) e placas de propaganda toquem na rede elétrica
  • É obrigatória a instalação do aterramento das estruturas metálicas de barracas, arquibancadas e balcões, por isso a importância de um profissional habilitado na hora de fazer as instalações
  • É preciso muita atenção com as ligações provisórias. Cuidados especiais dizem respeito às instalações de equipamentos elétricos, como aparelhos de som e refrigeração. É necessário manter esses equipamentos distantes de duchas, piscinas ou qualquer ambiente onde houver água. Além disso, toda instalação elétrica deve ser realizada por profissional qualificado e deve ser observada a capacidade das instalações e equipamentos
  • Em caso de fio caído ou acidentes envolvendo a rede elétrica, não se aproxime e entre em contato imediatamente com a Energisa pelo 0800 721 3330.

fonte: Comunicação Energisa

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]