Visita in loco confirma gravidade da situação do Lago; Moradores relatam transtornos e MP esbarra na falta de laboratório para laudo

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 13/02/2020

Última atualização em 13/02/2020 17:34

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Maju Cotrim

Uma comissão de órgãos e deputados verificaram in loco a situação de contaminação no Lago de Palmas na tarde desta quinta-feira, 13.Eles foram na região do Córrego Machado e do Bertaville que desaguam no Lago.A Assembleia se mobiliza para apurar responsabilidades a respeito da poluição no Lago de Palmas.

Eles querem apurar se há participação da concessionária de saneamento público, a BRK Ambiental.

A iniciativa foi da deputada Cláudia Lelis que preside a comissão de Meio Ambiente.

Além de deputados, representantes do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual, Agência Tocantinense de Regulação (ATR), Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), Naturatins, Fundação Municipal de Meio ambiente, Câmara Municipal de Palmas e a Agência de Regulação de Palmas foram convidados.

Odor insuportável

O presidente da associação de moradores da região, Odecio Costa reclamou do odor e apontou os transtornos e problemas gerados.

O Promotor Fábio Lang estava na comissão e apontou a falta de laboratório credenciado para uma perícia que não seja a da BRK ou da UFT.

“Não podemos depender da Uft, o MP precisa de um laboratório. Estamos apanhando porque esbarramos na falta de prova pericial”, disse.

Ele defendeu que os órgãos tenham laboratórios independentes. “Não pode ficar a própria raposa que toma conta do galinheiro”, disse sobre a BRK.

A deputada Cláudia Lelis sugeriu uma emenda para contratar laboratório para fazer um laudo.” temos que nos Unir para uma solução rápida”, disse.

Os Líderes comunitários apontam um caos de saúde pública com vários casos de problemas renais para a população. Ele disse que um Termo de ajuste e Conduta pode resolver o impasse.

“A População não aguenta mais sofrer”, disse a deputada Cláudia Lelis.

A deputada Vanda Monteiro, que é da região Sul, e sempre cobrou soluções para o assunto, disse que é inadmissível a situação.

Além de Cláudia Lelis e Vanda Monteiro estiveram presentes a deputada Luana Ribeiro e Elenil da Penha. Alguns vereadores também compareceram.

Veja vídeo completo da vistoria no local:

*🎥GAZETA AO VIVO:**POLUIÇÃO NO LAGO*Comissão de deputados e órgãos vistoriam um dos pontos do Ribeirão Taquaruçu que está tomado por mancha verde, mau cheiro e com suspeitas de contaminação!

Gepostet von Gazeta do Cerrado am Donnerstag, 13. Februar 2020
Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]