Avião estava apto para voar e com manutenção em dia, diz ANAC sobre aeronave do Palmas

Por Gazeta do Cerrado | 26/01/2021

Última atualização em 26/01/2021 08:33

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Anac diz que o avião estava apto a voar – Foto: Divulgação

O bimotor que caiu no domingo, 24, e matou seis pessoas estava com a manutenção em dia, informou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) na noite dessa segunda-feira, 25. A aeronave transportava parte da equipe do Palmas Futebol e Regatas para uma partida em Goiânia.

A nota da Anac indica que o avião estava apto para voar, mas não tinha autorização para realização do serviço de táxi aéreo. O Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) diz que o avião está em nome da construtora Meirelles Mascarenhas Ltda, que é sediada em Redenção (PA).

A agência detalhou também que o avião podia ser usado apenas pelos proprietários ou em voos não remunerados. Os dados do registro indicam ainda que o bimotor foi transferido para o nome da construtora em outubro de 2020 e tinha certificado válido até maio de 2021.

O Palmas informou que o avião tinha sido adquirido a pouco tempo pelo presidente do clube, Lucas Meira e estava em fase de transferência. Nessa segunda, a Anac negou ter recebido qualquer pedido de transferência relacionada ao bimotor. O Palmas foi novamente procurado para comentar o caso, mas ainda não retornou com os detalhes sobre a transação. A equipe reafirmou que o voo não era remunerado.

A Anac informou que está apurando “o tipo de transporte executado no momento do voo para averiguar se houve alguma irregularidade na prestação do serviço”.

O site da Aeronáutica indica, em registro público, que esta mesma aeronave se envolveu em um acidente em 2014. Na época, a conclusão foi de que o piloto esqueceu de baixar o trem de pouso no momento da aterrizagem causando danos substanciais nas hélices. Não há qualquer indicação de que os dois acidentes estejam relacionados.

Leia a nota da Anac na íntegra

Em relação à aeronave de matrícula PT-LYG não há registro na ANAC para alteração de propriedade, que atualmente é registrada em nome de CONSTRUT.MEIRELLES MASCARENHAS LTDA. A Agência está apurando o tipo de transporte executado no momento do voo para averiguar se houve alguma irregularidade na prestação do serviço. Cabe esclarecer que a aeronave em questão estava apta a voar e com a manutenção em dia e que, por ser privada, só poderia ser usada pelos proprietários ou em voo não remunerado.

Queda

O avião caiu na manhã desse domingo, 24, pouco após decolar, no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional. Um vídeo feito no local do acidente mostra a aeronave em chamas logo após a queda.

Morreram no acidente  o presidente do Palmas, o empresário Lucas Meira, o goleiro Ranule, o lateral-esquerdo Lucas Praxedes, o zagueiro Noé e o atacante Marcus Molinari. Além dos integrantes do time, a tragédia também causou a morte do piloto, Wagner Machado.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]