Caso Delta: Juiz condena Raul e Solange a prisão em ação; Defesa já recorreu

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 02/04/2020

Última atualização em 02/04/2020 11:49

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Decisão é do juiz Rafael Gonçalves de Paula da 3ª Vara Criminal de Palmas

Um novo desdobramento na investigação do contrato da empresa Delta com a prefeitura de Palmas na gestão do ex-prefeito Raul Filho.

O juiz da 3ª Vara Criminal de Palmas, Rafael Gonçalves de Paula deu uma decisão na qual condenou à prisão o ex-prefeito Raul Filho (PSD) e a esposa a ex-deputada Solange Duailibe (PT). A ação é do Ministério Público.

O juiz deu o direito deles recorrerem em liberdade.

Leia também – Inocentado no TRF, Raul diz estar motivado como nunca para disputar Prefeitura e que sucessores só fizeram “Maquiagem”

A defesa de Raul e Solange já recorreu E afirma que eles estão “inconformados com a sentença condenatória” e pedem que o caso seja remetido para o Tribunal de Justiça (2º grau) para que eles apresentem as razões para tentar mudar a condenação.

Acusações

Segundo a acusação do MP, os réus formaram uma organização criminosa que praticou fraudes em licitações para limpeza urbana de Palmas, que totalizaram R$ 116.980.831,79, em contratos firmados entre a Delta Construções e a Prefeitura de Palmas.

O empresário Carlinhos Cachoeira e dois ex-servidores da prefeitura na gestão de Raul Filho entre 2005 e 2012 também foram alvos da decisão.

Denúncia

A denúncia começou em 2012 na primeira instância, subiu para o Tribunal de Justiça durante o mandado da deputada Solange e voltou para a 3ª Vara Criminal após o fim do mandato.

Raul de Jesus filho teve a pena fixada em 9 anos e 2 meses de prisão, mais 7 anos e 6 meses de detenção e 130 dias-multa, cada dia no valor de 3 salários mínimos pelos crimes de corrupção passiva (duas vezes), lavagem de dinheiro, dispensar licitação fora das hipóteses previstas em lei, por quatro vezes, fraude à licitação (duas vezes) e formação de quadrilha em concurso material.

No final do recurso, se confirmar sua condenação, Raul cumprirá a pena em regime fechado, mas o juiz decidiu que ele pode recorrer em liberdade e só terá os direitos políticos suspensos durante quando cumprir a pena.

Entre os 13 acusados, um dos inocentados é o ex-secretário de Finanças Adjair de Lima e Silva da acusação de crime de dispensa de licitação.

Também está absolvido Silvio Roberto Moraes de Lima, ex-assessor da campanha eleitoral de Raul Filho, dos crimes de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Solange e Raul

A Gazeta do Cerrado tentou por várias vezes ouvir os dois, mas não teve retorno. O espaço está aberto para a manifestação dos citados.

#SóNaGazeta
#RaulFilho
#SolangeDuailibe
#CasoDelta

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]