Gol e Latam são notificadas por dificultar remarcação de passagens

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 31/03/2020

Última atualização em 31/03/2020 13:06

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Procon pediu ainda que passagens fossem remarcadas

O Procon Tocantins notificou nesta segunda-feira 30, as empresas aéreas Gol e Latam e solicitou a remarcação das passagens aéreas dos consumidores alcançados pela vigência da MP 925 de 18/03/2020, sem cobrança de tarifas adicionais para datas posteriores em períodos de baixa temporada.

Leia também – Contra preços abusivos de álcool em gel e máscaras, Procon vai reforçar fiscalização; Governador critica “especulação financeira”

Conforme denúncia de consumidores, junto ao Procon Tocantins os mesmos estariam com dificuldade para remarcar as passagens no balcão das companhias aéreas. Tais medidas negligenciam e desrespeitam o direito dos consumidores em questão.

Respaldo

A notificação do Procon Tocantins está respaldada pelo Decreto nº 6072, de 21 de março de 2020 que declara estado de calamidade pública  no Tocantins e, principalmente, pela  MP 925, de 18 de março de 2020, onde o Governo Federal anunciou medidas emergenciais para o setor aéreo brasileiro relacionadas a reembolso e alterações de voos domésticos ou internacionais aplicadas as passagens aéreas compradas até 31/12/2020.

Veja mais sobre o assunto – Carlesse declara estado de calamidade pública no Tocantins; Saiba tudo que fica proibido

O superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana, afirma  que o órgão está, exigindo que seja cumprido o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre o Ministério da Justiça e da Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom), Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Distrito Federal e territórios, Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), TAM linhas aéreas S.A, GOL Linhas aéreas S.A, Passaredo Transportes aéreas S.A, MAP Transportes Aéreos S.A e Azul Linhas aéreas brasileiras S.A.

“O objeto desse termo de ajuste é tão somente a normatização que   envolve o cancelamento de voos nacionais e internacionais por conta da pandemia de COVID 19”,explica Viana.

Procon Tocantins orienta consumidores a formalizar a denúncia- Foto-Divulgação Procon/Governo do Tocantins

Sanções

Conformidade com o art. 55, §4°, do Código de Defesa do Consumidor c/c com o art. 330 do Código Penal, a Gerência de Fiscalização do Procon Tocantins  destaca que a recusa à prestação das informações ou o desrespeito às determinações e convocações do Procon Tocantins como órgão integrante do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC), pode caracterizar crime de desobediência, sem prejuízo da aplicação de sanções administrativas previstas na legislação correlata em vigor.

Denúncias

A equipe de fiscalização do Procon Tocantins está trabalhando das 8h às 18h  para atender as denúncias. O consumidor pode utilizar o Disque 151 ou o Whats Denúncia 992166840 para denunciar.

Empresas

A Gazeta do Cerrado entrou em contato com a Gol e com a Latam.

A Latam disse em nota que Com relação à notificação do Procon, a LATAM Airlines Brasil informa que prestará os devidos esclarecimentos ao órgão. Os passageiros afetados já podem utilizar o site da companhia para remarcar, por uma vez, a data do seu voo sem nenhum custo e desde que dentro da validade do bilhete. O procedimento pode ser realizado diretamente em https://www.latam.com/pt_br/apps/personas/mybookings.

Nossa equipe ainda aguarda uma resposta da Gol Linhas Aéreas.

Leia também – Práticas abusivas no preço de álcool gel e máscaras devem ser denunciadas, alerta Procon

Fonte: Procon Tocantins

#SóNaGazeta
#NossoDireito
#Gol
#Latam
#ProconTocantins
#Coronavírus

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]